IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Agronegócio


Brasil estuda autorização para usar mel, frutas e flores em cervejas

Priscila Tieppo

Do UOL, em São Paulo

21/01/2014 06h00

A legislação brasileira não permite que alguns ingredientes como mel, frutas, flores e ervas sejam utilizados em receitas de cerveja. Bebidas que tenham produtos como esses na composição, porém, podem ser importadas e vendidas livremente por aqui.

As cervejas da Colorado feitas com rapadura não sofrem essa restrição, porque pode ser usado açúcar e derivados na fabricação, de acordo com o chefe da divisão de bebidas do Ministério da Agricultura, Marlos Vicenzi.

Mas o órgão já elaborou uma instrução normativa que autoriza o uso de outros ingredientes nas formulações, e a submeteu a consulta pública para que possa ser aprovada pelo governo. Com essas mudanças, espera-se aumentar a competitividade dos produtos brasileiros frente aos importados.

De acordo com o Ministério da Agricultura, atualmente a cerveja brasileira não pode conter frutas in natura, apenas suco ou extrato. Especiarias como a canela podem ser usadas como aroma.

Já o mel não pode ser utilizado de forma alguma. Os alimentos que são fonte de carboidrato, açúcar (como a rapadura) e amido (como a mandioca) podem ser utilizados sem restrições.

Cervejas que já são produzidas e vendidas no Brasil que utilizem mel podem ter conseguido uma autorização da Justiça, segundo Marlos Vicenzi.

“Neste pedido, é avaliada a receita da cerveja e autorizada pela Justiça do Estado, após análise do ministério”, afirma. Os critérios para autorização passam pelas regras da receita da cerveja tradicional, como ter 55% de cevada maltada.

“Esta proposta [da instrução normativa] quer abrir caminhos para que qualquer ingrediente que é utilizado como alimento, autorizado pela Anvisa, que não faça mal à saúde e que seria interessante para a cerveja, seja inserido na bebida sem qualquer problema”, afirma Vicenzi.

Depois de passar por consulta pública, a norma ainda precisa ser aprovada pelo Mercosul antes de entrar em vigor, já que a cerveja é um dos produtos cujos padrões de qualidade são acordados entre os integrantes do grupo.

A previsão é que as novas receitas de cerveja cheguem ao mercado nacional em 2015. No total, 232 cervejarias e 1.100 tipos de cervejas estão registrados no país.

Agronegócio