IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Todos a Bordo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Aviões que jogaram bombas atômicas na 2ª Guerra podem ser visitados nos EUA

Polêmico B-29 Bockscar, que lançou a bomba atômica em Nagasaki (Japão), em 1945, em exibição nos EUA - Ken LaRock/NMUSAF
Polêmico B-29 Bockscar, que lançou a bomba atômica em Nagasaki (Japão), em 1945, em exibição nos EUA
Imagem: Ken LaRock/NMUSAF

Alexandre Saconi

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/02/2023 04h00

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido

Dois aviões jogaram as bombas atômicas nas cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki em 1945. Eles estão expostos à visitação pública. Conheça suas histórias e saiba como encontrá-los.

A primeira bomba foi lançada de um bombardeiro B-29 Superfortress batizado como Enola Gay. O avião leva esse nome em homenagem à mãe do piloto, Paul Warfield Tibbets Jr.

A segunda foi lançada de outro B-29, o Bockscar. O bombardeiro tinha esse nome em homenagem ao seu piloto habitual, Frederick Bock. No dia do ataque, Bock acabou voando em um outro avião, e Charles Sweeney assumiu o comando do B-29 Bockscar para o lançamento da bomba.

Onde estão e quanto custa a visita?

As duas aeronaves foram restauradas. Atualmente estão abertas para visitação nos Estados Unidos.

O Enola Gay está em exposição no Museu Nacional do Ar e Espaço Smithsonian. Fica no centro Steven F. Udvar-Hazy, em Chantilly, no estado da Virginia.

O Bockscar fica em exposição no Museu Nacional da Força Aérea dos Estados Unidos. É na base aérea Wright-Patterson, próximo à cidade de Dayton, no estado de Ohio.

A visitação de ambos os aviões é gratuita e pode ser feita todos os dias da semana. Mais informações sobre a visitação podem ser vistas nos sites dos museus aqui (Enola Gay) e aqui (Bockscar)

Há riscos de radiação?

Os tripulantes disseram que foram atingidos pela onda de choque da explosão. Mas não foi registrada radiação na estrutura das aeronaves.

A radiação se espalhava em uma velocidade menor que a dos aviões. Eles faziam manobras para sair o mais rápido possível de perto do local da explosão.

Polêmicas

bockscar - Força Aérea dos EUA - Força Aérea dos EUA
B-29 Bockscar, que jogou a bomba atômica em Nagasaki: Pintura, embora tradicional, é vista como polêmica
Imagem: Força Aérea dos EUA

A exibição pública das aeronaves é alvo de críticas em decorrência da quantidade de mortes que sua ação causou. A tripulação não tinha conhecimento claro da dimensão do poder da bomba nem muitos detalhes de suas características.

Ficha técnica - Enola Gay

Enola gay - Dane Penland/Smithsonian National Air and Space Museum - Dane Penland/Smithsonian National Air and Space Museum
Avião B-29 batizado de Enola Gay, que lançou a primeira bomba atômica no Japão, sobre Hiroshima
Imagem: Dane Penland/Smithsonian National Air and Space Museum

Modelo: Bombardeiro B-29
Fabricante: Glenn L. Martin/Boeing
Envergadura (distância de ponta a ponta da asa): 43,1 metros
Altura: 8,5 metros
Comprimento: 30,2 metros
Velocidade de cruzeiro: 354 km/h
Velocidade máxima: 575 km/h
Altitude máxima de voo: 10 km
Tripulação: 12
Preço: US$ 639 mil à época

atomicas - Arquivos Nacionais dos EUA - Arquivos Nacionais dos EUA
Imagens mostram efeitos da explosão das bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki, no Japão, em 1945
Imagem: Arquivos Nacionais dos EUA