PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Cotações

Bovespa fecha em queda pelo 2º dia, acompanhando mercados dos EUA

Do UOL, em São Paulo

21/08/2013 17h27Atualizada em 20/03/2014 19h35

Bovespa fechou em queda de 0,2%, a 50.405,2 pontos nesta quarta-feira (21), depois de uma sessão bastante instável. É o segundo dia seguido de baixa.

A Bovespa operou em alta ao longo da manhã, mas passou a cair após as 15h, quando foi divulgada a ata da última reunião do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos.

Depois, voltou a subir, mas acabou fechando no vermelho, acompanhando o movimento das Bolsas norte-americanas. Os negócios movimentaram R$ 8,03 bilhões.

dólar comercial fechou em alta de 2,38%, atingindo R$ 2,451 na venda, mesmo depois de duas intervenções do Banco Central. É o maior valor de fechamento desde o dia 9 de dezembro de 2008, quando o dólar valia R$ 2,473.

Ações de destaque na Bovespa

A maior queda do dia foi do grupo JBS (JBSS3), que perdeu 4,9%, a R$ 7,37. A B2W (BTOW3), varejista online dona dos sites das Lojas Americanas e Submarino, perdeu 4,61%, a R$ 12,21.

A Rossi Residencial (RSID3) fechou em queda de 4,5%, a R$ 2,76; a Duratex (DTEX3) recuou 3,69%, a R$ 11,75; e a Brookfield (BISA3) caiu 3,3%, a R$ 1,76.

Em relação às construtoras, a queda é explicada pela perspectiva de um aumento na taxa de juros ainda neste ano. Como as empresas trabalham com empreendimentos de longo prazo, juros altos tendem a prejudicar seus projetos.

Na ponta oposta, a maior alta do dia foi da Eletropaulo (ELPL4), que ganhou 5,2%, a R$ 7,49, seguida pela OGX (OGXP3), petroleira de Eike Batista, com alta de 2,94%, a R$ 0,70.

A Embraer (EMBR3) subiu 2,58%, a R$ 20,25, a Ultrapar (UGPA3) teve ganhos de 2,53%, a R$ 52,66, e a BM&FBovespa (BVMF3) fechou em alta de 2,48%, a R$ 11,56.

Bolsas Internacionais

As Bolsas norte-americanas fecharam em queda, em dia de grande volatilidade, depois que a ata da reunião do Federal Reserve, o banco central dos EUA, ter dado poucas pistas sobre um prazo para a redução do programa de compra de títulos.

O índice Dow Jones caiu 0,7%, a 14.897 pontos. O Standard&Poors 500 recuou 0,58%, para 1.642 pontos. Já a Nasdaq teve queda de 0,38%, para 3.599 pontos.

As demais Bolsas internacionais fecharam antes da divulgação da ata do Fed, e a maioria das ações fechou em queda pela preocupação dos investidores.

As ações europeias caíram após vendas generalizadas na sessão anterior. Investidores evitaram fazer novas apostas antes da aguardada ata do Federal Reserve. 

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,6%, a 1.207 pontos, depois de recuar 0,8% na terça-feira, pressionado por expectativas de que o Fed começará a diminuir suas compras de ativos mensais já em setembro.

Em Londres, o índice Financial Times caiu 0,97%, a 6.390 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX recuou 0,18%, para 8.285 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 teve queda de 0,34%, a 4.015 pontos.

As ações asiáticas caíram menos nesta quarta, após fortes quedas, mas os investidores continuaram preocupados com o rumo da política econômica dos Estados Unidos.

O índice Nikkei, do Japão, fechou em alta de 0,21%. Hong Kong caiu 0,69%, Seul perdeu 1,08% e Cingapura fechou em baixa de 0,63%.

Xangai fechou quase estável, com leve alta de 0,02%, e Sydney subiu 0,43%.

(Com Reuters)

CLIQUE NA IMAGEM E ENTENDA COMO FUNCIONA O MERCADO DE DÓLAR

Cotações