IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Dólar tem terceira queda seguida e fecha valendo R$ 3,214

Do UOL, em São Paulo

18/03/2015 17h03Atualizada em 18/03/2015 17h48

dólar comercial fechou em queda pelo terceiro dia seguido nesta quarta-feira (18), com desvalorização de 0,52%, a R$ 3,214 na venda.

A moeda chegou a operar em alta ao longo da sessão, subindo até 1,5%, mas passou a cair depois do fim da reunião do Federal Reserve, nos Estados Unidos.

Reunião do BC dos EUA

O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, terminou nesta quarta sua reunião de dois dias para definição da taxa de juros.

Em seu relatório, a instituição sinalizou mais cautela em relação ao crescimento econômico do país e ressaltou que o mercado de trabalho precisa melhorar mais para que os juros voltem a subir.

Isso aumentou as apostas entre analistas de que as taxas vão ficar praticamente zeradas até o segundo semestre, segundo a agência de notícias Reuters.

A alta dos juros nos EUA preocupa os investidores porque pode fazer com que os recursos que hoje estão em países emergentes, como o Brasil, sejam transferidos para lá.

Atuação do BC no mercado de câmbio

O BC manteve seu programa de intervenções no mercado de câmbio, mas agora com metade da oferta de contratos de swap cambial (contratos equivalentes à venda de dólares no futuro). Foram vendidos 100 contratos para 1º de dezembro de 2015, e outros 1.900 com vencimento em 1º de março de 2016.

O BC também fez mais um leilão para rolar os contratos que vencem em 1º de abril. Foram vendidos 6.300 contratos para 1º de junho de 2016, e 1.100 contratos para 3 de outubro de 2016, com volume equivalente a US$ 355,2 milhões.

Ao todo, a instituição já rolou o equivalente a US$ 4,62 bilhões, ou cerca de 46% do lote total, correspondente a US$ 9,964 bilhões.

Continuidade de programa

presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, disse que a instituição decidirá nas próximas semanas sobre o futuro do programa de intervenção no câmbio.

Os moldes atuais são válidos até 31 de março e o BC tem até lá para indicar o que fará com esse instrumento.

(Com Reuters)