Bolsas

Câmbio

Bolsa sobe 3% e tem maior nível em um mês; Vale dispara 15% e Petrobras, 8%

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 3,11% nesta quinta-feira (4), a 40.821,73 pontos, no segundo avanço seguido. É o maior nível em um mês, desde 6 de janeiro, quando a Bovespa tinha pontuação de 41.773,14.

Ontem, a Bolsa havia subido 2,57%, a 39.588,82 pontos. 

Ação da Vale avança quase 15%

O resultado positivo da Bovespa foi puxado pelas ações de siderúrgicas e mineradoras, principalmente a Vale, após os preços do minério de ferro na China subirem 2%, para o maior nível em três meses.

As ações ordinárias da Vale, com direito a voto em assembleia (VALE3), subiram 14,76%, a R$ 10,34. As preferenciais, com prioridade na distribuição de dividendos (VALE5), ganharam 11,35%, a R$ 7,75. 

Os papéis da siderúrgica CSN (CSNA3) avançaram 9,76%, a R$ 4,16

Petrobras sobe 8%

A valorização das ações da Petrobras também ajudou a puxar a Bolsa, após a alta no preço do petróleo.

Além disso, nesta quinta, a presidente Dilma Rousseff aceitou um projeto que permite à estatal abrir mão de ser a única operadora do pré-sal em alguns leilões de áreas de exploração de petróleo.

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3) se valorizaram 7,93%, a R$ 6,67, e as preferenciais (PETR4), 5,35%, a R$ 4,73.

Dólar cai 0,61%, a R$ 3,894

No mercado de câmbio, o dólar comercial teve a segunda queda seguida e fechou com desvalorização de 0,61%, a R$ 3,894 na venda. É o menor valor de fechamento desde 20 de dezembro, quando havia fechado a R$ 3,877. 

Na véspera, a moeda norte-americana havia caído 1,7%, a R$ 3,918. 

Bolsas internacionais

A maioria das principais Bolsas de Valores da Europa fechou em alta.

  • Espanha: + 1,85%
  • Itália: + 1,23%
  • Inglaterra: + 1,06%
  • França: + 0,04%
  • Alemanha: - 0,44%
  • Portugal: - 0,11%

As principais Bolsas da Ásia e do Pacífico também fecharam em alta, com exceção do Japão.

  • Austrália: +2,12%
  • China: +1,55%
  • Coreia do Sul: +1,35%
  • Hong Kong: +1,01%
  • Cingapura: +0,3%
  • Japão: -0,85%
  • Taiwan: não teve operações

(Com Reuters) 

 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos