PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Cotações

Bolsa cai 0,19% no dia, após salto na véspera, mas emenda 5ª semana de alta

Do UOL, em São Paulo

18/03/2016 17h47Atualizada em 18/03/2016 17h49

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta sexta-feira (18) em queda de 0,19%, a 50.814,66 pontos, após duas altas seguidas.

Apesar da baixa no dia, a Bovespa termina a semana com valorização de 2,37%, na quinta alta semanal seguida. O índice acumula ganho de 18,74% no mês e de 17,22% no ano.

Na véspera, a Bolsa havia subido 6,6%, maior alta percentual diária desde 2 de janeiro de 2009. Após o salto de ontem, muitos investidores aproveitaram esta sessão para vender seus papéis e embolsar o lucro, o que acabou puxando a Bolsa para baixo.

Petrobras

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4), que dão prioridade na distribuição de dividendos, subiram 0,25%, a R$ 8,12. 

No sentido oposto, as ações ordinárias da Petrobras (PETR3), com direito a voto em assembleia, caíram 1,34%, a R$ 10,30.

Os papéis foram influenciados pela queda dos preços do petróleo no mercado internacional.

Vale e Gerdau

As ações ordinárias da Vale (VALE3) caíram 1,10%, a R$ 15,33. Já as ações preferenciais da Vale (VALE5) avançaram 3,02%, a R$ 11,27.

As ações da Gerdau (GGBR4) ganharam 6,56%, a R$ 5,85, enquanto as da Gerdau Metalúrgica (GOAU4) se valorizaram 8,16%, a R$ 2,12.

Os papéis dessas empresas foram puxados pela pela alta dos preços do minério de ferro no exterior.

Bancos caem

Depois de dispararem na véspera, os bancos tiveram desempenho negativo nesta sessão, com exceção do Itaú Unibanco.

As ações do Banco do Brasil (BBAS3) perderam 1,59%, a R$ 20,36As ações do Bradesco (BBDC4) recuaram 1,33%, a R$ 27,48. 

No sentido contrário, as ações do Itaú Unibanco (ITUB4) se valorizaram 0,27%, a R$ 33,19.

Dólar cai 1,96%, a R$ 3,582

No mercado de câmbio, o dólar comercial emendou a terceira queda seguida e fechou em baixa de 1,96%, a R$ 3,582 na venda. É o menor valor de fechamento desde 27 de agosto de 2015, quando a moeda norte-americana havia fechado a R$ 3,553.

Na semana, a moeda teve desvalorização de 0,26% --foi a quarta semana de queda. Com isso, o dólar acumula baixa de 10,54% no mês e de 9,28% no ano.

Na véspera, a moeda havia recuado 2,39%, na maior queda percentual diária desde 3 de novembro de 2015.

Bolsas internacionais

A maioria das Bolsas de Valores da Europa fechou em alta, com exceção da Inglaterra.

  • Espanha: +0,81%;
    Alemanha: +0,59%;
    França: +0,44%;
    Portugal: +0,24%;
    Itália: +0,02%;
    Inglaterra: -0,19%

A maioria das Bolsas da Ásia e do Pacífico também fechou o dia no azul, exceto a do Japão. 

  • China: +1,72%;
  • Cingapura: +0,92%;
  • Taiwan: +0,87%;
  • Hong Kong: +0,82%;
  • Austrália: +0,29%;
  • Coreia do Sul: +0,21%;
  • Japão: -1,25%

(Com Reuters)

Cotações