Bolsas

Câmbio

Bolsa cai 1,15% no dia, com PIB e impeachment, mas sobe pelo 3º mês seguido

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quarta-feira (31) em queda de 1,15%, a 57.901,11 pontos. Na véspera, a Bovespa havia ficado praticamente estável, com leve queda de 0,06%.

Apesar da baixa no dia, a Bolsa encerra agosto com alta acumulada de 1,03%. É o terceiro mês seguido de avanço.

Desde que Michel Temer assumiu a presidência interinamente, a Bolsa se valorizou 9,74%: subiu de 52.764,46 pontos em 11 de maio, um dia antes da posse de Temer, para 57.901,11.

O dia foi marcado pela aprovação do impeachment de Dilma Rousseff e pela divulgação dos dados do PIB (Produto Interno Bruto).

Vale tomba 4,3%

As ações preferenciais da Vale (VALE5), que dão prioridade na distribuição de dividendos, tombaram 4,3%, a R$ 14,47

As ações ordinárias da Vale (VALE3), com direito a voto em assembleia, despencaram 4,02%, a R$ 16,94.

Os papéis da companhia tiveram influência da queda nos preços das matérias-primas no exterior.

Petrobras perde 2,9%

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3) caíram 2,9%, a R$ 14,74, e as ações preferenciais da Petrobras (PETR4) perderam 1,83%, a R$ 12,85.

Os papéis da estatal foram influenciados pela queda nos preços do petróleo no mercado internacional. Além disso, investidores analisavam notícia de que o governo espera concluir até o fim do ano a renegociação do contrato que garantiu à estatal 5 bilhões de barris de petróleo no processo de capitalização da companhia, em 2010.

O tema é visto com grande preocupação pelo mercado, pois pode representar perdas bilionárias para a Petrobras.

Bancos fecham em baixa

As ações do Banco do Brasil (BBAS3) se desvalorizaram 2,19%, a R$ 23,21.

As ações do Itaú Unibanco (ITUB4) tiveram baixa de 2,05%,a R$ 35,85, e as ações do Bradesco (BBDC4) caíram 0,65%, a R$ 29,06.

Dólar cai 0,34%, a R$ 3,229

No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou em queda de 0,34%, cotado a R$ 3,229 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia subido 0,24%.

Com o resultado de hoje, o dólar encerra agosto com queda acumulada de 0,42%. No ano, a moeda acumula desvalorização de 18,2%.

Durante o período em que Temer esteve na Presidência, o dólar se desvalorizou 6,28%: caiu de R$ 3,446 em 11 de maio, um dia antes da posse de Temer, para R$ 3,229 hoje.

Bolsas internacionais

Das seis principais Bolsas de Valores da Europa, duas fecharam em alta, uma ficou praticamente estável e três caíram:

  • Espanha: + 0,36%
  • Itália: +0,31%
  • Portugal: +0,03%
  • França: -0,43%
  • Inglaterra: -0,58%
  • Alemanha: -0,61%

Das sete principais Bolsas da Ásia e do Pacífico, cinco tiveram baixa e duas subiram:

  • Japão: +0,97%
  • China: +0,35%
  • Hong Kong: -0,17%
  • Coreia do Sul: -0,25%
  • Cingapura: -0,28%
  • Taiwan: -0,46%
  • Austrália: -0,83%

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos