Bolsas

Câmbio

Bovespa fecha em queda de 2,62%, maior perda diária em quase dois meses

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, emendou a segunda baixa seguida e fechou esta segunda-feira (30) com desvalorização de 2,62%, a 64.301,73 pontos. Essa é a maior queda percentual diária desde 1º de dezembro, quando a Bovespa caiu 3,88%.

Na sexta-feira (27), a Bovespa havia caído 0,24%.

A queda desta sessão foi puxada pelo desempenho negativo da maioria dos papéis que compõem o Ibovespa. Das 59 ações listadas no índice, apenas duas tiveram alta e uma fechou quase estável.

As ações da Petrobras despencaram mais de 5%, enquanto os papéis da mineradora Vale perderam mais de 4%. Os bancos e a Ambev caíram mais de 2%. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Dólar cai 0,77%, a R$ 3,128

No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou em queda de 0,77%, cotado a R$ 3,128 na venda. Essa é a segunda baixa seguida da moeda norte-americana e o menor valor desde 25 de outubro, quando terminou o dia valendo R$ 3,107.

Na sexta-feira, o dólar havia fechado com desvalorização de 0,9%.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos