Bolsas

Câmbio

Bovespa cai 2,93% e tem maior queda desde dezembro; Vale desaba 8,48%

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta terça-feira (21) em queda de 2,93%, a 62.980,37 pontos. É a maior desvalorização diária desde 1º de dezembro do ano passado (-3,88%) e o menor nível desde 11 de janeiro (62.446,26 pontos). Na véspera (20), a Bolsa havia subido 1,05%.

O resultado de hoje foi influenciado, principalmente, pelo desempenho negativo das ações da mineradora Vale, com queda de 8,48%, e da Petrobras, que caiu mais de 4%. Os bancos Itaú, Bradesco e Banco do Brasil também fecharam com perdas. 

As ações da JBS (dona da Friboi e Seara) fecharam em queda de 0,37%, e os papéis da BRF (da Sadia e Perdigão) terminaram o dia em baixa de 1,24%. Na última sexta-feira, os papéis dessas empresas desabaram após a Polícia Federal realizar operação contra a venda ilegal de carne em diversos frigoríficos.

Dólar sobe 0,6%, a R$ 3,09

No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou esta terça-feira em alta de 0,6%, cotado a R$ 3,09  na venda, após duas quedas seguidas. Na véspera, a moeda norte-americana havia caído 0,94%.

Segundo analistas, o preço baixo da moeda atraiu compradores nesta terça, o que influenciou o resultado da sessão. Com maior procura, o preço do dólar tende a subir. O Banco Central realizou hoje mais um leilão de swap cambial tradicional, equivalente à venda futura de dólares. 

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos