Bolsas

Câmbio

Bolsa emenda 5ª alta e fecha acima de 67 mil pontos pela 1ª vez desde maio

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quarta-feira (2) em alta de 0,93%, a 67.135,99 pontos. É o quinto avanço seguido da Bolsa, que havia subido 0,9% na véspera. É a primeira vez que o índice termina o dia acima do 67 mil pontos desde que foi divulgado o conteúdo das delações dos executivos da JBS.

Com isso, a Bolsa atinge novamente a maior pontuação desde 17 de maio (67.540,25), última sessão antes da divulgação das delações da JBS.

A alta desta quarta-feira foi influenciada, principalmente, pelo desempenho positivo das ações do Banco do Brasil, que dispararam 4,03%, e da Petrobras, que subiram mais de 2%. Os papéis da Ambev, do Bradesco e do Itaú Unibanco também tiveram ganhos. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Dólar cai 0,2%, a R$ 3,12

dólar comercial fechou em queda de 0,2%, cotado a R$ 3,12 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia subido 0,25%

Investidores estavam de olho na votação na Câmara dos Deputados que decide se o STF (Supremo Tribunal Federa) irá analisar a denúncia de crime de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer, com base nas delações de executivos do grupo J&F.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos