PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Cotações

Bolsa tem maior alta em 2 meses, BRF salta 9,5% e dólar cai pelo 3º dia

Do UOL, em São Paulo

18/04/2018 17h26

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quarta-feira (18) em alta de 2,01%, a 85.776,46 pontos, no segundo avanço seguido. É a maior alta percentual diária do índice em mais de dois meses (em 14 de fevereiro subiu 3,27%). Já o dólar comercial caiu 0,82%, cotado a R$ 3,38 na venda, emendando a terceira baixa consecutiva.

Na véspera, a moeda norte-americana teve queda de 0,12% e a Bolsa registrou ganho de 1,48%.

BRF dispara 9,51%

Entre os destaques da Bolsa, as ações da Petrobras (+3,66%), da mineradora Vale (+3,37%), do Bradesco (+3,36%), do Banco do Brasil (+2,29%) e do Itaú Unibanco (+1,9%) fecharam em alta. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Os papéis da BRF, dona da Sadia e da Perdigão, dispararam 9,51%, a R$ 23,04. Nesta quarta, o governo liberou que várias unidades da companhia retomem suas exportações para a Europa. Além disso, influenciou a alta a notícia sobre a possibilidade de o atual presidente da Petrobras, Pedro Parente, comandar o Conselho de Administração da empresa.

Cenário externo e incerteza com eleições

Investidores estavam mais tranquilos com o cenário internacional. Ao mesmo tempo em que Estados Unidos e China parecem terem dado uma trégua nas ameaças de guerra comercial, o governo norte-americano tentou uma aproximação junto a Coreia do Norte, o que reduziu as tensões entre os dois países.

No Brasil, político seguia em foco, com os investidores acompanhando os prováveis candidatos à Presidência se articulando para garantir apoio e decolar nas pesquisas de intenção de voto que, por ora, ainda mantinham o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na liderança, embora ele esteja preso e inelegível pela Lei da Ficha Limpa.

(Com Reuters)

Cotações