PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Empreendedorismo

Gás acabou? Apps ajudam cliente a comprar e comparar preço de botijão

Claudia Andrade

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/10/2017 04h00

Para facilitar a compra de botijão de gás, empresas têm apostado em tecnologia e lançado aplicativos que ligam os consumidores às revendas. Grandes distribuidoras, como a Supergasbras e a Ultragaz, têm aplicativos exclusivos para revendas de seu produto, e empresas independentes também estão tentando atrair os consumidores para esta nova forma de pedir gás.

O aplicativo Chama, lançado em novembro de 2016, foi criado pelo holandês Marijn van de Ven, 36. Depois de várias viagens ao Brasil a trabalho e a lazer, o consultor de estratégia identificou uma oportunidade de negócio e foi atrás de um investidor na Europa – a empresa não revela o nome do investidor nem o investimento inicial.

Ficar sem gás na hora da preparação do almoço é algo inesperado, uma emergência. Por isso, ter entrega rápida do gás, com qualidade do serviço e preço justo são fundamentais

Marijn van de Ven, criador do app Chama

Marijn criou o aplicativo junto com Bram Ellens, integrante do conselho administrativo da empresa.

A Chama não tem faturamento nem lucro mensais. Segundo Otávio Tranchesi, diretor de marketing da Chama, o faturamento da empresa “até agora é zero”, porque ainda não há cobrança de taxas.

“A gente está começando uma operação, precisando do feedback dos revendedores e dos clientes. Mas muito em breve a gente pretende cobrar dos revendedores”, diz. O valor a ser cobrado não está definido.

Depois de baixar o aplicativo no celular, o cliente coloca seu endereço, e o app mostra quais revendedores que atendem a região, a marca vendida, o preço, o tempo estimado de entrega, com base na distância, e avaliação de outros clientes. O aplicativo trabalha somente com botijões de gás de 13 quilos.

O aplicativo, grátis para Android e iOS, conta com revendedores em São Paulo e Belo Horizonte.

Certificação da ANP e visita

Tranchesi afirma que somente revendedores certificados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) estão no aplicativo.

Segundo ele, uma equipe da Chama visita todos os revendedores para avaliar o local e as condições de atender aos pedidos e mantém contato permanente para encontrar formas de melhorar o atendimento. Outro filtro é a avaliação dos consumidores, diz.

Aplicativo em desenvolvimento

Atualmente, 40 pessoas trabalham na empresa, nas áreas de atendimento ao cliente, marketing, finanças e desenvolvimento, no Brasil e na Holanda. A parte de desenvolvimento do aplicativo fica no país europeu e conta com profissionais brasileiros na equipe.

Uma das melhorias que deverá ser introduzida no aplicativo em 2018 é a possibilidade de o consumidor acompanhar o trajeto do caminhão do revendedor até o seu endereço, como ocorre com os aplicativos de táxi.

Hoje o cliente é informado sobre o andamento do pedido por etapas: pedido recebido, pedido em processo, aceito, saindo da loja e entregue. A possibilidade de pagamento online também deve estar disponível em 2018.

App de distribuidora direciona pedidos à revenda

O aplicativo Ultragaz Connect opera em quase todos os Estados, exceto Roraima, Rondônia, Acre e Amazonas. Na Bahia, a marca é conhecida como Brasilgás, portanto o aplicativo no Estado é o Brasilgás Connect. Ambos estão disponíveis gratuitamente para Android e iOS.

A Supergasbras está investindo R$ 10 milhões neste ano em novas tecnologias para o consumidor de gás de botijão. O aplicativo que leva o nome da distribuidora, lançado em março deste ano, opera nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro, Vitória (ES), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Curitiba e Londrina (PR).

O aplicativo direciona os pedidos para uma revenda que atende a região do endereço do consumidor. “O mais importante é a velocidade de entrega”, afirma Rachel Risi, gerente de marketing e relacionamento da Supergasbras.

A empresa também lançou recentemente o Superbotão, que permite ao consumidor enviar o pedido de gás diretamente à revenda, com um único clique. Inicialmente, o dispositivo com wi-fi está sendo instalado sem custos na casa de consumidores nas cidades de Campinas e Indaiatuba, no interior de São Paulo, e Nova Friburgo (RJ).

A meta da distribuidora é que, em até dois anos, 50% das vendas sejam feitas com o uso do aplicativo ou do botão.

Nem a Ultragas nem a Supergasbras cobram taxa das revendas cadastradas.

O preço cobrado pelo produto é determinado livremente pelas revendas. Segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do botijão de 13 quilos do gás de cozinha, na semana de 15 a 21 de outubro, ficou em R$ 63,99. Na semana anterior, o preço médio no país era de R$ 61,66.

Empresas podem cobrar taxa dos revendedores

Pelo Ultragaz Connect, além de fazer o pedido de gás, também é possível consultar algumas receitas, uma forma de manter a conexão com o consumidor mesmo no período de intervalo entre uma compra de botijão de gás e outra.

“A empresa pode associar o pedido de gás a receitas, dicas de economia doméstica, informações que tornem o serviço mais relevante para o cliente. A frequência de consumo também pode ser monitorada, para o aplicativo avisar o consumidor que está chegando a hora de pedir gás”, diz a consultora do Sebrae-SP Juliana Berbert.

Para ela, a forma mais recorrente de faturamento com esse tipo de aplicativo é mesmo a cobrança do fornecedor do produto, que pode ser uma porcentagem sobre a venda ou um valor fixo mensal, por exemplo.

O revendedor precisa ter consciência de que talvez não tivesse acesso a esse cliente de outra forma, que não pelo aplicativo.

Juliana Berbert, consultora do Sebrae-SP

Odair Soares, professor de economia e administração da Faculdade de Tecnologia de Mococa e de Ribeirão Preto (SP), também considera a cobrança de taxa dos revendedores uma fonte viável de faturamento.

O professor afirma que a colocação de banners no aplicativo pode ser mais um atrativo para os revendedores e poderia alcançar também empresas de outros segmentos, como supermercados, por exemplo. “Uma ideia seria conseguir a divulgação de algumas empresas em cada região”. 

Onde encontrar:

Chama - http://chama-app.com.br/
Supergasbras - www.supergasbras.com.br
Supergasbras Superbotão - www.superbotao.com.br
Ultragaz - https://www.ultragaz.com.br

Dicas para economizar no gás

TV Jornal
PUBLICIDADE

Empreendedorismo