PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Mais de 5,6 milhões de pessoas já fizeram a declaração do IR 2021

Prazo final para a entrega da declaração vai até o dia 30 de abril - Foto: Marcello Casal Jr. | Agência Brasil
Prazo final para a entrega da declaração vai até o dia 30 de abril Imagem: Foto: Marcello Casal Jr. | Agência Brasil

Colaboração para o UOL, no Rio

17/03/2021 12h46Atualizada em 17/03/2021 14h46

A Receita Federal recebeu até as 11h de hoje 5.642.123 declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2021, ano-base 2020. A entrega do IR começou no dia 1º de março. O prazo final para acertar as contas com o leão vai até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 30 de abril.
.
Segundo o órgão, o sistema de recepção de declarações funciona praticamente durante todo dia, ficando indisponível apenas de 1h às 5h. Veja aqui se você é obrigado a declarar.

É importante ficar de olho no calendário. Quem perder a data terá de pagar multa de 1% sobre o imposto devido ao mês, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido. Contribuintes que enviam a declaração primeiro também recebem a restituição na frente.

O programa para preencher a declaração está disponível no site da Receita Federal. Veja aqui como baixar o programa, de acordo com o sistema operacional do seu computador ou celular.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2021?

É obrigado a declarar o IR quem recebeu, em 2020, rendimentos tributáveis no valor acima de R$ 28.559,70.

Além disso, quem recebeu o auxílio emergencial do governo federal, de qualquer valor, e também obteve outras rendas tributáveis, como salários, aposentadoria ou pensão, totalizando mais de R$ 22.847,76, deverá preencher a declaração.

Veja outras situações que obrigam a declaração do Imposto de Renda, segundo a Receita:

  • Em relação à atividade rural, obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50;
  • Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil;
  • Obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Teve, em 31 de dezembro de 2020, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil.

UOL Economia+ fará evento para quem quer investir

Entre 23 e 25 de março, o UOL Economia+ e a casa de análises Levante Ideias de Investimento realizarão evento online gratuito. O economista Felipe Bevilacqua, analista certificado e gestor especialista da Levante, comandará três grandes aulas para explicar ao leitor do UOL como assumir as rédeas do próprio dinheiro.

O evento é gratuito para todos os leitores UOL. Garanta o seu lugar no evento aqui.

Ao clicar em “Enviar”, você concorda com a Política de Privacidade do Grupo UOL e aceita receber e-mails de produtos e serviços do Grupo UOL e demais empresas integrantes de seu grupo econômico. O Grupo UOL utiliza as informações fornecidas para entrar em contato ofertando produtos e serviços. Você pode deixar de receber essas comunicações quando quiser.

(edited)

    PUBLICIDADE