PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Empresas de energia, seguros e carne são recomendadas por corretora; veja

Confira as recomendações da corretora MyCap Investimentos - Getty Images
Confira as recomendações da corretora MyCap Investimentos Imagem: Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/04/2022 12h02

A seguradora Porto Seguro (PSSA3) a processadora de carnes Marfrig (MRFG3), a empresa de contêineres Santos Brasil Participações (STBP3), a Neoenergia (NEOE3) —de geração, distribuição, transmissão e comercialização de energia elétrica— e a Localiza (RENT3), de aluguel de automóveis, são as apostas da carteira de ações da MyCap Investimentos.

Confira mais detalhes das recomendações e por que apostar nessas empresas, de acordo com a corretor de investimentos.

Na semana passada, a carteira da MyCap teve desempenho melhor que do Ibovespa, o principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3), com rentabilidade de 0,34% contra queda de 1,81% do índice. No ano, a carteira acumula performance de 5,52%.

A corretora diz que o destaque positivo na carteira foi a Neoenergia, com alta de 2,76%. Já o destaque negativo ficou com Porto Seguro, com baixa de 2,39%.

Mesmo assim os analistas da empresa decidiram manter a seguradora, pois, segundo eles, a ação está em recuperação de preço, apresentando retração apenas no curto prazo. A MyCap aposta que o papel pode ter valorização, e ficar entre R$ 21,70 e R$ 22.

Os ativos da Marfrig, dona da marca de carnes Bassi, devem valorizar até, de acordo com a MyCap, R$ 20,40 e R$ 20,85. Hoje estão cotados a R$ 19,37.

Para a empresa de contêineres, Santos Brasil Participações a expectativa é que o papel (hoje em R$ 7,33) chegue entre R$ 7,65 e R$ 7,85.

Por sua vez, Neoenergia (com R$ 17,51 atualmente) poderá ficar entre R$ 18 e 18,50; e Localiza (que custa hoje R$ 57,05), entre R$ 58,70 e R$ 59,60.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.