Bolsas

Câmbio

Tesla entrega seu primeiro carro popular, o Model 3

San Francisco, 28 Jul 2017 (AFP) - A Tesla apresenta nesta sexta-feira seu primeiro modelo de carro elétrico popular, o Model 3. A novidade é um marco para a indústria automobilística.

As primeiras 30 unidades dos sedãs Model - as versões produzidas em massa dos custosos carros elétricos da Tesla - vão sair da fábrica na Califórnia para serem entregues, sobretudo para funcionários da companhia.

O fundador da Tesla Elon Musk quer registrar a ocasião com uma cerimônia na fábrica em Fremont, perto de São Francisco.

O novo carro elétrico visa expandir seu mercado consumidor - os preços começam em 35 mil dólares - e vai se multiplicar em breve. De acordo com Musk, mais 100 unidades serão produzidas em agosto e outras 1.500 em setembro.

O objetivo da Tesla é que a produção alcance 5 mil unidades semanais do Model 3 neste ano e 10 mil unidades semanais em 2018.

Mais de 375 mil consumidores fizeram depósitos para entrar na lista de espera do Model 3. Quem quiser um veículo do tipo terá que esperar pelo menos até o ano que vem.

Analistas indicam que, com esse lançamento, a Tesla pode estar transformando o futuro da indústria automobilística.

Gene Munster, analista na empresa de pesquisa Loup Ventures, acredita que a Tesla pode fazer pelo setor automobilístico o que a Apple fez pelos celulares e eletrônicos.

"Acreditamos que um dia vamos olhar para trás, para o lançamento do Model 3, e compará-lo com o iPhone, que provou ser um catalisador na migração para a computação móvel", disse Munster numa nota.

O pesquisador acredita que a Tesla vai protagonizar as "mudanças de paradigmas" no ramo de carros elétricos ou autônomos, que podem alterar o setor inteiro.

Com produção de 83 mil veículos em 2016, a Tesla alcançou um valor de mercado de cerca de 55 bilhões de dólares - à frente de gigantes como a General Motors -, antecipando a liderança na indústria.

Munster avalia que a Tesla pode começar atingir a rentabilidade em 2021 e que 2023 será "um ano excepcional para a empresa", com 1,6 milhão de veículos produzidos.

A Tesla atualmente vende apenas dois modelos de luxo de seus carros elétricos: o sedã "Model S" e a SUV "Model X", cujos preços começam em cerca de 80 mil dólares.

- Teste decisivo -O sucesso do Model 3 pode aliviar as preocupações acerca da capacidade de crescimento significativo da Tesla.

Planejado para ser menor, mais simples e mais fácil de montar que seus irmãos de luxo, o Model 3 também tem preços competitivos no mercado automobilístico.

O veículo oferece menos opções que os precedentes, mas tem a mesma tecnologia auto-condutora.

A bateria do veículo foi feita para durar pelo menos 345 km antes de precisar ser recarregada, de acordo com a Tesla.

Uma questão importante é se a Tesla consegue aumentar a produção para atender a demanda, e se os rivais vão entrar no mercado de veículos elétricos.

A fabricante sueca Volvo anunciou, recentemente, que vai deixar de produzir gradualmente os veículos com motores apenas a gasolina, priorizando os carros híbridos ou elétricos.

A GM bateu a Tesla no mercado com o seu carro elétrico Bolt, mas recentemente interrompeu a produção para estabilizar os estoques, devido às vendas fracas.

Musk pretende desvincular, pouco a pouco, a indústria dos combustíveis fósseis, associando-a à energia solar e a outros investimentos de transporte.

O bilionário é dono da empresa de energia solar SolarCity e atualmente constrói baterias recarregáveis para abastecer casas e carros.

bur-rl/mdo/ll

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos