PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Wall Street sobe com recorde após notícia sobre acordo EUA-China

12/12/2019 19h08

Nova York, 12 dez 2019 (AFP) - Wall Street subiu, batendo recordes no Nasdaq e no S&P 500, em um mercado alavancado pelas notícias sobre a iminência de um acordo comercial entre Washington e Pequim.

Dados provisórios do fechamento mostram o índice industrial Dow Jones com alta de 0,79%, nos 28.132,05 pontos.

O Nasdaq avançou 0,73%, até inéditos 8.717,32 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 0,86%, nas 3.168,52 unidades - uma pontuação nunca alcançada.

Em um primeiro momento, os investidores analisaram comentários do Banco Central Europeu, depois que a instituição reduziu sua expectativa de crescimento para 2020, garantindo, ao mesmo tempo, que a desaceleração econômica está se estabilizando.

As ações ganharam fôlego depois de um tuíte do presidente Donald Trump, garantindo que "um grande acordo" com a China "está muito próximo".

A imprensa americana noticiou, porém, que Washington e Pequim chegaram a um acordo de princípio dois meses depois de Trump ter anunciado que a "fase um" do acerto entre ambas as potências havia sido alcançada.

"Ainda precisamos ver muitos detalhes do que realmente está no acordo para, desta forma, fazer uma verdadeira leitura sobre o que está acontecendo. Mas, por enquanto, a confiança é forte", disse à AFP o analista Ryan McKay, da firma TD Securities.

Outra tema de preocupação para os mercados nesta quinta eram as eleições legislativas britânicas, que podem determinar o rumo final do Brexit. Pesquisas de boca de urna apontam a vitória do premiê Boris Johnson, com maioria absoluta. A libra disparou.

No mercado de títulos, por volta das 18h20 (horário de Brasília), o rendimento dos bônus americanos com vencimento para dez anos subia para 1,894% contra 1,791% de quarta-feira.

bur/gm/tt