PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Grande incêndio em refinaria no sul do Líbano é controlado

Fumaça e chamas de um grande incêndio em um dos tanques na instalação de petróleo de Zahrani, no sul do Líbano - Mahmoud Zayyat/AFP
Fumaça e chamas de um grande incêndio em um dos tanques na instalação de petróleo de Zahrani, no sul do Líbano Imagem: Mahmoud Zayyat/AFP

Em Zahrani (Líbano)

11/10/2021 06h18Atualizada em 11/10/2021 10h00

Um enorme incêndio declarado hoje no depósito de gasolina de uma instalação de petróleo de Zahrani, no sul do Líbano, foi controlado no início da tarde (horário local) num país que atravessa uma grave crise de combustíveis.

O incêndio começou às 8h (3h de Brasília) e consumiu 250 mil litros de gasolina, segundo o ministro da Energia, Walid Fayad, que se deslocou para o local.

De acordo com um fotógrafo da AFP, os bombeiros conseguiram controlar o fogo quatro horas depois, antes que se espalhasse para os armazéns próximos.

"O incêndio está controlado", disse à imprensa o diretor-geral da Defesa Civil, Raymond Khattar.

As causas do incêndio ainda são desconhecidas. O Exército impediu o acesso ao setor, situado a cerca de 50 km do sul de Beirute. A principal rodovia que conecta a capital ao sul do país também foi bloqueada.

As chamas formaram uma grande coluna de fumaça preta, de acordo com um fotógrafo da AFP no local.

"Ouvi uma grande explosão antes do início do incêndio", disse à AFP um fazendeiro que trabalhava em um campo próximo.

As instalações de petróleo de Zahrani são adjacentes à central elétrica de mesmo nome. Distribuem cerca de 15% do combustível para o mercado libanês.

Imerso em uma crise socioeconômica sem precedentes, o Líbano passa meses por uma grave escassez de combustível, com uma população que sofre cortes de energia de até 22 horas de duração por dia.

PUBLICIDADE