PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Além de Rússia x Ucrânia: veja momentos em que o petróleo passou de US$ 100

O barril de petróleo superou a marca de US$ 200 pela primeira vez em 2008 - iStock
O barril de petróleo superou a marca de US$ 200 pela primeira vez em 2008 Imagem: iStock

Da AFP

24/02/2022 11h00Atualizada em 24/02/2022 14h02

Londres, 24 Fev 2022 (AFP) - O preço do barril de petróleo superou os US$ 100 nesta quinta-feira (24), seu valor mais alto em sete anos, depois de o presidente russo, Vladimir Putin, invadir a Ucrânia. Confira abaixo outros momentos em que a cotação desta commodity passou de US$ 100 o barril.

2008, o ano de todos os recordes

Em janeiro de 2008, o preço do barril superou a marca de US$ 100 pela primeira vez na história.

Os dois preços de referência atingiram seu máximo histórico em 11 de julho: US$ 147,50 o barril de brent do Mar do Norte, no mercado europeu; e US$ 147,27 o do WTI (West Texas Intermediate), em Nova York.

Os recordes de 2008 resultaram das tensões geopolíticas no Irã, na Nigéria e no Paquistão; de um complexo equilíbrio entre uma oferta em declínio e uma demanda em alta, devido aos países emergentes e à China; e de uma forte especulação em torno de todas as commodities.

Após a falência do banco americano Lehman Brothers, em setembro, e do início da crise financeira internacional, o preço começa a cair, já que os investidores precisam urgentemente de liquidez.

Assim, em dezembro de 2008, o Brent já estava sendo negociado a US$ 36,20, e o WTI, a US$ 32,40.

2011 e a revolta no Egito

A barreira dos US$ 100 por barril é novamente rompida em janeiro de 2011, pelo risco de os protestos da revolta no Egito e da Primavera Árabe se espalharem pelos países produtores de petróleo do Oriente Médio.

O Egito não é um produtor essencial de petróleo, mas se trata de uma rota de trânsito muito importante pelo Canal de Suez e pelo oleoduto Suez-Mediterrâneo (Sumed).

2012, embargo do petróleo iraniano

O ano de 2012 começa com o preço do petróleo acima de US$ 100, alimentado pelas sanções econômicas impostas ao Irã, suspeito de usar seu programa nuclear civil para desenvolver armas nucleares.

Em represália, o Irã ameaça interromper suas entregas de petróleo para a Europa, levantando preocupações sobre a oferta mundial de petróleo bruto.

A União Europeia acaba por também decretar um embargo ao petróleo procedente do Irã, cujas exportações caem pela metade.

Grande parte do petróleo dos países do Golfo transita pelo Estreito de Ormuz, uma passagem estratégica controlada pelo Irã, que ameaça fechá-la.

2012 a 2014, tensões no Oriente Médio

O preço do petróleo bruto passa perto dos US$ 90 o barril em junho de 2012, em meio à crise econômica na zona do euro.

Até 2014, os preços evoluíram quase continuamente próximo dos US$ 100 sustentados pelo endurecimento das sanções contra o Irã e pelas tensões geopolíticas no Oriente Médio - em particular, pelo conflito na Síria.

No final de 2014, os preços começaram a despencar, até ficarem abaixo de US$ 50 o barril, devido ao petróleo de xisto americano que inunda o mercado.