IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Shell anuncia saída do petróleo e gás russo por guerra na Ucrânia

Anúncio da gigante britânica do petróleo foi resposta à invasão russa da Ucrânia - REUTERS/Andrew Boyers/File Photo
Anúncio da gigante britânica do petróleo foi resposta à invasão russa da Ucrânia Imagem: REUTERS/Andrew Boyers/File Photo

08/03/2022 09h18Atualizada em 08/03/2022 09h25

A gigante britânica do petróleo Shell anunciou, hoje, que planeja se retirar do petróleo e do gás russos "gradualmente, em conformidade com as novas diretrizes do governo", como resposta à invasão russa da Ucrânia.

Em um comunicado, a Shell especificou que, "como primeiro passo imediato, o grupo interromperá todas as compras à vista no mercado de petróleo russo", além de "fechar seus postos de gasolina e suas atividades de combustível para aviação e de lubrificantes na Rússia".

"Nossas ações até o momento foram guiadas por discussões em curso com governos sobre a necessidade de dissociar a empresa dos fluxos de energia russos, mantendo ao mesmo tempo o fornecimento de energia", afirmou o CEO da Shell, Ben van Beurden, embora tenha alertado que, dada a "localização física e disponibilidade de alternativas", este esforço "pode levar semanas".

Mais informações em instantes