PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Sem importações de gás russo, PIB da Alemanha cairá 1,5% em 2022

20/07/2022 12h22

Berlim, 20 Jul 2022 (AFP) - Uma interrupção do fornecimento de gás russo na Europa reduziria o valor do Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha em 1,5% em 2022, segundo previsões do Fundo Monetário Internacional (FMI) publicadas nesta quarta-feira (20).

"Se os efeitos diretos, indiretos e as incertezas forem combinados, fechar a torneira do gás reduziria o PIB em 1,5% em 2022, 2,7% em 2023 e 0,4% em 2024", em comparação a um cenário em que a Alemanha continua recebendo gás russo, disse a instituição em um relatório.

A perda do "PIB acumulada entre 2022 e 2024 seria de 4,8% em relação ao PIB de 2020", acrescentou o FMI. Para esta fonte, é a "principal ameaça" à maior economia da zona do euro.

No início de junho, a Alemanha ainda comprava 35% de seu gás da Rússia, contra 55% antes da guerra. Mas, mesmo que mantivesse o nível de compras do gás russo, o crescimento da economia alemã seria "moderado nos próximos trimestres", alerta o FMI.

Algo que se explica pela "fraqueza da economia mundial" e pelos "gargalos" que pesam sobre a indústria exportadora, pilar da economia nacional.

O FMI estima que a Alemanha cresça 1,2% em 2022 e 0,8% em 2023.

Ao mesmo tempo, a inflação (na qual o aumento dos preços da energia tem muito peso), "poderá se manter alta pelos próximos dois anos", segundo o FMI.

A instituição projeta um aumento de preços para a primeira economia da União Europeia de 7,7% em 2022 e 4,8% em 2023. O fim do gás russo na Alemanha pode elevar essa previsão em mais dois pontos em 2022 e até 3,5 em 2023, acrescentou.

fcz/smk/jvb/mar/grp/mar/aa