IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Fabricante de vodca Absolut deixará de exportar para Rússia por ameaças de boicote

Decisão ocorre após a marca receber ameaças nas redes sociais de boicote na Suécia. - Reprodução/PxHere
Decisão ocorre após a marca receber ameaças nas redes sociais de boicote na Suécia. Imagem: Reprodução/PxHere

18/04/2023 11h24

O fabricante sueco de bebidas alcoólicas The Absolut Company anunciou nesta terça-feira(18) que deixará de exportar para a Rússia sua vodca, uma das mais vendidas no mundo, após a marca receber ameaças, nas redes sociais, de boicote na Suécia.

A empresa "decidiu interromper a exportação de sua marca para a Rússia", anunciou em nota, invocando a necessidade de proteger seus funcionários e parceiros "diante das críticas massivas em todas as suas formas".

Um porta-voz do Pernod Ricard, grupo francês proprietário da The Absolut Company, disse que a decisão só afeta a Absolut e não a outras marcas do grupo, número 2 mundial em bebidas alcoólicas.

Na semana passada, o Pernod Ricard confirmou à AFP que havia retomado suas exportações de álcool para a Rússia, depois de suspendê-las inicialmente devido à invasão da Ucrânia.

A decisão foi muito criticada por vários políticos, até pelo primeiro-ministro sueco, Ulf Kristersson, que expressou sua "decepção".

Pernod Ricard justificou sua decisão pela retomada das exportações como medida para proteger seus funcionários na Rússia e pela decisão de Moscou de permitir importações de álcool sem permissão, "esquivando-se das sanções".

Estas explicações não convenceram a Suécia, onde vários bares e restaurantes famosos de Estocolmo deixaram de vender produtos Pernod Ricard.