PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Uruguaia Bearing Agro prepara trust agrícola de US$ 150 milhões

Ken Parks

16/11/2018 14h40

(Bloomberg) -- A Bearing Agro está estruturando seu segundo trust de investimento em terras agrícolas que oferecerá US$ 150 milhões em ações em uma das bolsas do Uruguai no mês que vem em uma aposta na recuperação dos preços agrícolas.

"Vemos uma janela de oportunidade interessante para a compra de terras agrícolas de qualidade a preços razoáveis", disse o diretor financeiro Francisco R. Pitt, em entrevista, em seu escritório, em Montevidéu.

O novo trust -- chamado Fideicomiso Financiero Tierras Irrigadas II -- pode comprar até 20.000 hectares em cinco anos com foco em terras agrícolas adequadas para irrigação com alguma exposição à silvicultura e à pastagem. A Bearing planeja ter uma participação de 7,5 por cento no trust e o restante seria destinado a investidores institucionais, como fundos de pensão locais.

Os aumentos modestos dos preços da soja ajudaram a elevar os valores das terras agrícolas em cerca de 10 por cento, para US$ 3.712 por hectare vendido no ano passado, após dois anos de correção, segundo dados compilados pelo Ministério da Agricultura.

A Agropecuaria del Litoral aproveitou a melhora da perspectiva para levar um trust de US$ 50 milhões ao mercado em setembro para aquisições de terras. O primeiro trust da Bearing comprou quase 5.900 hectares após levantar US$ 50 milhões em 2016. O plano é concluir a instalação de irrigação na maior parte dessas terras em 2019.

Iniciativa no Paraguai

Os acionistas da Bearing, entre os quais argentinos e uruguaios, estão preparando um programa de títulos de US$ 50 milhões por meio de uma empresa separada no Paraguai para financiar a aquisição de gado e terras de pastagem.

A Bearing Agro Paraguay planeja vender US$ 20 milhões em notas de cinco anos em uma primeira parcela na Bolsa de Assunção, no ano que vem, disse Pitt.

A rentabilidade das atividades agropecuárias no Paraguai duplica com facilidade a do Uruguai, disse.

--Com a colaboração de Andres R. Martinez.