PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Cazaquistão propõe criar fundo da ONU para desenvolvimento do capital humano

26/05/2016 11h37

Astana, 26 mai (EFE).- O presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev, propôs nesta quinta-feira a criação de um fundo das Nações Unidas para o desenvolvimento de capital humano que dê prioridade à qualidade na educação e à saúde dos mais pobres.

"Um país não pode se desenvolver se não conta com uma população alfabetizada, saudável e aventureira. Há um grande número de países que fracassaram ou que não podem resolver este problema", disse Nazarbayev no discurso de abertura da sessão plenária do Fórum Econômico de Astana.

"Portanto Cazaquistão propõe estabelecer, sob o auspício das Nações Unidas, um fundo para o desenvolvimento do capital humano", disse.

"O Fundo deverá priorizar a melhora da qualidade da educação e da saúde nos países mais pobres. Segundo a Unesco são necessários cerca de US$ 50 bilhões por ano só para proporcionar uma educação básica universal nos países mais pobres", explicou o dirigente.

Por sua vez, o presidente cazaque propôs ao Fórum a criação de um plano para o desenvolvimento da economia "verde" no mundo e considerou que em busca dos benefícios econômicos, se está esquecendo as complexas questões ambientais.

Nursultan considerou que é "muito importante" projetar uma iniciativa mundial para combater a mudança climática, enquanto que propôs "desenvolver um roteiro para o desenvolvimento da economia verde e a utilização sustentável dos recursos naturais".

Essa iniciativa, segundo sua opinião, deverá se concentrar na redução das emissões nocivas à atmosfera e na criação de medidas para preservar a fertilidade da terra e conservar a água doce, já que são assuntos prioritários para os países em desenvolvimento.

O líder cazaque pediu também o compromisso das corporações internacionais.