Bolsas

Câmbio

BAII espera mais integrantes latino-americanos "muito em breve"

Pequim, 25 jun (EFE).- O presidente do Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas (BAII), Jin Liqun, se mostrou confiante neste sábado que mais países latino-americanos se unam ao Brasil como membros da instituição na nova rodada de captação de acionistas que se encerrará em setembro.

"Por enquanto, só o Brasil é membro fundador de nosso banco, mas posso garantir que mais países latino-americanos serão membros muito em breve", disse Jin em entrevista coletiva em Pequim, onde o banco realiza sua primeira reunião anual neste fim de semana.

Jin lembrou que, de acordo com as normas da instituição que preside, o banco pode conceder créditos para a construção ou melhora das infraestruturas de seus países-membros de fora da Ásia, sempre que tenham um impacto positivo para o desenvolvimento desse continente.

"Devido à muito próxima, ou cada vez mais próxima, relação entre Ásia e América Latina, não nos vamos ficar aquém de projetos que possamos financiar", antecipou o dirigente do BAII.

O presidente do BAII enfatizou que qualquer país que queira receber os fundos do banco tem que entrar antes no conjunto de acionistas.

Jin também explicou que o BAII "fica à espera" de receber as solicitações dos países interessados até o dia 30 de setembro e que os novos membros se incorporariam à entidade a partir de princípios de 2017.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos