Bolsas

Câmbio

Número de viajantes dos EUA a Cuba cresceu 83,9% no primeiro semestre de 2016

Havana, 6 jul (EFE).- O número de visitantes dos Estados Unidos a Cuba aumentou 83,9% no primeiro semestre de 2016, apesar de os americanos ainda não poderem viajar à ilha como turistas, informou nesta quarta-feira o ministro de Turismo do país caribenho, Manuel Marrero, citado por veículos de comunicação oficiais.

O aumento de viajantes à ilha também foi registrado em outros mercados como Espanha (69%), Itália (60,5%), Polônia (45,1%) e Alemanha (42 %), ressaltou o ministro durante um discurso na Assembleia Nacional, o parlamento cubano.

Entre os mercados que apresentaram queda no período avaliado, Marrero mencionou o Canadá, líder tradicional entre os países emissores de turistas a Cuba, segundo uma nota da estatal Agência Cubana de Notícias (ACN).

Marrero indicou em seu relatório aos deputados que o crescimento global de visitantes ao país foi de 11,7% em comparação com o mesmo período de 2015.

No caso dos EUA, mais de 94.000 americanos visitaram Cuba nos quatro primeiros meses do ano, depois que em todo 2015 tenham viajado 161.233 americanos, número que já representou 76% mais que o ano anterior, estimulados pela flexibilização das viagens a Cuba, aprovada pelo governo de Washington no início do ano passado, de acordo com dados oficiais.

O titular de Turismo cubano afirmou novamente hoje que uma das prioridades do setor é ampliar a capacidade de alojamento e que, por essa razão, se impulsiona a aliança entre a proposta estatal e a privada, na qual se contabilizam atualmente mais de 16.000 quartos e 1.700 restaurantes.

Nesse sentido, ressaltou que no encerramento de 2015 as agências turísticas tinham contratado cerca de 4.000 arrendatários particulares, o que permitiu hospedar cerca de 555.000 visitantes estrangeiros em seus alojamentos.

Além disso, destacou que, entre janeiro e junho deste ano, o país recebeu 2.147.600 viajantes estrangeiros.

De acordo com os cálculos das autoridades do turismo cubano, em 2016 a ilha espera a visita de 3,7 milhões de turistas estrangeiros, 175.200 a mais que os registrados no ano anterior, quando a ilha quebrou o recorde com a recepção de mais de 3,5 milhões de visitantes.

O turismo é considerado o setor mais dinâmico da economia cubana, com um faturamento que alcançou mais de US$ 1,94 bilhão em 2015, um crescimento de 10,7%, segundo relatórios do Escritório Nacional de Estatísticas e Informação (ONEI) da ilha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos