Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em alta de 0,41%

Nova York, 24 out (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta segunda-feira em alta de 0,41%, em mais um pregão marcado pela divulgação de resultados trimestrais de empresas como Visa, General Motors e Apple, e pela indicação, por parte de representantes do Federal Reserve, de que as taxas de juros nos Estados Unidos devem continuar baixas nos próximos anos.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 75,09 pontos, para 18.220,80. Já o seletivo S&P 500 subiu 0,46%, para 2,151,03 pontos, e o índice composto da Nasdaq avançou 52,43 pontos e fechou aos 5.306,83.

Wall Street também esteve atenta ao anúncio de que a AT&T deve comprar a Time Warner por US$ 85,4 bilhões, uma operação divulgada no sábado e que está sujeita a uma intensa revisão por parte das autoridades antimonopólio americanas.

Os mercados estavam à espera de novos sinais do Federal Reserve (Fed) sobre a política de juros, já que ao longo do dia eram esperados discursos públicos de três representantes do banco central americano.

O presidente do Fed de Saint Louis, James Bullard, afirmou no começo do dia que nos próximos dois ou três anos as taxas continuarão em níveis baixos, assim como o presidente do Fed de Chicago, Charles Evans.

No Dow Jones, as principais quedas do dia foram dos títulos de Merck (-0,74%), Chevron (-0,63%) e Unitedhealth (-0,47%). As altas mais expressivas foram das ações de Microsoft (2,25%), Boeing (1,34%) e Wal-Mart (1,21%).

No momento do fechamento, a onça do ouro caía para US$ 1.264,70, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos subia para 1,763%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos