Bolsas

Câmbio

Dois turistas dos EUA serão expulsos da Tailândia por indecência em templo

Bangcoc, 30 nov (EFE).- Dois turistas americanos serão expulsos da Tailândia após tirar fotos com as calças abaixadas em um templo de Bangcoc e postá-las na internet, informaram nesta quinta-feira fontes policiais.

Joseph J. Sr., de 38 anos, e Travis L-S. Sr., de 36 anos, foram acusados de "nudismo público" e por isso tiveram que pagar multas de 5 mil bat (US$ 153), indicou à Agência Efe o policial Cherngron Rimpadee.

Cherngron disse que tinha pedido a um tribunal que os dois turistas americanos fossem acusados também por "divulgação de pornografia na internet", o que se traduziria em uma pena máxima de sete anos de prisão, mas o juiz desprezou esse pedido.

Os dois turistas aparecem de costas e com as calças abaixadas, mostrando as nádegas diante do famoso Templo do Amanhecer (Wat Arun), situado junto ao rio Chao Phraya.

Joseph e Travis foram detidos na terça-feira durante a noite no aeroporto internacional Don Muang de Bangcoc depois que as fotos viralizaram nas redes.

Ambos estão no centro de detenção de imigrantes na capital tailandesa.

Uma fonte do centro, que não se identificou porque não tinha permissão para falar com a imprensa, afirmou à Agência Efe que os turistas esperam que a Embaixada dos EUA facilite as passagens de avião para serem repatriados ao seu país.

A falta de respeito à religião é considerada uma ofensa grave na Tailândia, onde também existem leis de controle na internet muito estritas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos