ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Óvnis são avistados por 6 aviões comerciais no norte do Chile

De Santiago

10/10/2018 20h00Atualizada em 16/10/2018 11h24

Os pilotos de pelo menos seis aviões comerciais - cinco da Latam Chile e um da Copa Airlines - informaram ter notado no céu do norte chileno diversos objetos voadores não identificados, dados que foram reportados e documentados pelo Comitê de Estudos de Fenômenos Aéreos Anômalos (Cefaa).

Um áudio disponibilizado no Youtube e divulgado pelo jornal "La Estrella" narra a reação de alguns pilotos que sobrevoavam a cidade de Antofagasta no dia 7 de maio, 1.364 quilômetros ao norte de Santiago.

Leia também:

Um piloto do voo COPA 174, começa a narrar com ênfase "que na altura do posto Livor (um posto de controle situado no céu, a 380 quilômetros do litoral de Antofagasta) aparecem três luzes".

"Não temos reportado trânsito e não sabemos o que é", alertou, pouco antes de avisar: "Neste momento, uma luz desapareceu".

Quase ao mesmo tempo, a voz de um piloto do Latam 639 entra em contato com a torre de controle. "Posição, para baixo. Aparentemente, sobre o mar", disse, tentando identificar o está vendo.

O piloto do Latam 2473 responde que há uma luz. Enquanto isso, outra voz do Latam 79 antecipa que também observa a luz brilhante: "No nível do mar, uma luz muito pequena aparece e desaparece", acrescentou enfaticamente.

O piloto da Copa volta a ser ouvido no áudio para comentar que consegue ver três luzes à esquerda de sua posição.

"As luzes estão se movimentando e aumentam de intensidade e diminuem, também. Vamos virar à direita porque parece que estão se aproximando", avisou.

Um piloto de outro Latam, o 501, confirmou que observou a luz. O piloto da Copa afirmou: "Que fenômeno mais estranho. Agora, temos três luzes em forma de triângulo". O Latam 577 situou as luzes a 60 milhas náuticas (111 quilômetros) de Livor.

Ao todo, seis aeronaves notaram a estranha movimentação de luzes. Até o momento, o Cefaa da Direção Geral e Aviação Civil (DGAC), que há 20 anos foi o primeiro órgão oficial a reconhecer a detecção em seus radares de um "estranho intruso no espaço aéreo", sem que pudesse identificá-lo, não entregou um relatório. O Grupo de Pesquisa Ovniológica do Chile (AION) também não se manifestou.

Com 600 relatos ao longo dos últimos 65 anos, o Chile é considerado o quinto país do mundo com o maior número de avistamentos de óvnis, depois de Estados Unidos, Peru, Brasil e Rússia.

Errata: o texto foi atualizado
15/10/2018 às 20h25
O texto informava anteriormente que o voo Latam 577 situou as luzes a 60 milhas (96 quilômetros) de Livor. A distância correta é 60 milhas náuticas (111 quilômetros). O texto foi corrigido.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia