PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

BC: Comef mantém adicional contracíclico de capital principal relativo ao Brasil em 0%

Brasília, 24

24/02/2022 20h13

O Comitê de Estabilidade Financeira (Comef) decidiu manter o Adicional Contracíclico de Capital Principal relativo ao Brasil (ACCPBrasil) em 0%. A decisão foi anunciada por meio do BC Correio nesta quinta-feira, 24.

O ACCPBrasil é uma parcela do capital a ser acumulada na expansão do ciclo de crédito e consumida em sua contração. O instrumento trata o risco sistêmico cíclico do crédito e dos preços dos ativos.

"O Comitê considera que o sistema financeiro está preparado para enfrentar a materialização de eventuais riscos. A carteira de crédito segue com bom desempenho, as provisões para perdas de crédito estão adequadas e os bancos seguem líquidos e bem capitalizados. Diante das reduzidas exposição cambial e dependência de funding externo, a exposição do SFN aos efeitos das tensões geopolíticas internacionais atuais é baixa", diz o comunicado divulgado pelo BC.

O Comef verificou ainda que o crédito continua crescendo nas diversas modalidades e os preços dos ativos têm se comportado de forma benigna. "Diante dos riscos relacionados à atividade econômica e à redução da renda disponível para o pagamento de dívidas das famílias, é importante que os bancos sigam preservando a qualidade das concessões."

O comitê destacou ainda que os bancos em geral mantêm voluntariamente capital e liquidez em níveis superiores aos requerimentos prudenciais e faz uma recomendação para que as instituições financeiras persistam com a política de gestão de capital prudente em virtude das incertezas remanescentes. "A política macroprudencial concluirá a reversão dos incentivos adotados em 2020 com o restabelecimento da parcela Adicional de Conservação de Capital Principal (ACPConservação) em abril próximo."

O Comef afirma ainda que está atento à evolução recente do cenário internacional e segue preparado para atuar, "minimizando eventual contaminação desproporcional sobre os preços dos ativos locais, em particular pelo canal do mercado de câmbio".

"Assim, considerando as condições financeiras mais restritivas, os preços dos ativos e as expectativas quanto ao comportamento do mercado de crédito, o Comef considera apropriado manter o ACCPBrasil em 0% nas próximas reuniões."

A ata da reunião do Comef será publicada no dia 7 de março, às 8h. A próxima reunião do comitê será em 26 de maio.