PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Rússia congela classificações de crédito locais dos bancos por seis meses

Banco Central da Rússia - REUTERS/Maxim Shemetov
Banco Central da Rússia Imagem: REUTERS/Maxim Shemetov

Gabriel Bueno da Costa

Em São Paulo

25/03/2022 13h30Atualizada em 25/03/2022 14h19

A Rússia determinou que os indicadores de classificação de crédito dos bancos locais devem ser congelados por seis meses, a fim de manter a estabilidade do sistema financeiro em meio a sanções enfrentadas pelo país. Um comunicado do governo russo anuncia a medida e ressalta que ela vale para as classificações atribuídas por agências russas especializadas.

A medida vale até 1º de julho de 2022. Segundo o governo russo, o congelamento das classificações de crédito permitirá que os principais bancos continuem a colocar fundos do orçamento federal para manter sua lucratividade.

"Além disso, os bancos, como antes, poderão emitir garantias independentes para as empresas", diz o texto, argumentando que isso ajudará a reduzir o efeito negativo das sanções contra os principais bancos russos e a manter a estabilidade do sistema.