IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Conheça o bilionário argentino que comprou parte de Eike em empresa

Reprodução/eduardoeurnekian.com
Imagem: Reprodução/eduardoeurnekian.com

13/01/2014 16h56

SÃO PAULO - Eduardo Eurnekian, da Corporación América, acabou de comprar 33% da SIX Semicondutores, uma duas empresas do grupo EBX - eliminando a parte de Eike Batista na companhia. Uma das únicas empresas de Eike que ainda está próxima do cronograma original, a SIX é uma joint-venture com IBM, BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e o banco de fomento de Minas Gerais.

Com um "mico" na mão, o BNDES já avisou que quer reduzir sua participação na empresa - e estuda até mesmo uma oferta de ações na Bovespa. O problema é que abrir o capital de uma empresa ligada a Eike Batista é praticamente impossível neste momento, as portas estão completamente fechadas para ele no momento. 

A solução foi vender a participação do megaempresário na empresa. O interessado é um argentino de 81 anos, de origem armênia. Eurnekian é de uma família famosa pela indústria têxtil - chegou a ser uma das maiores fornecedoras da Puma -, mas que perdeu muito dinheiro com a crise argentina de 1981 e teve que abandonar o setor. 

Desde então, Eurnekian montou um império de mídia e infraestrutura, tanto na Argentina, quanto na Armênia. Atualmente, é o segundo homem mais rico da Argentina, com uma fortuna de US$ 1,8 bilhão - que deverão ser repassados aos seus sobrinhos e irmãos, já que ele não é casado e não tem filhos. 

Seu império de mídia é calcado na Cablevisión, uma das maiores operadoras de TV da Argentina, mas Eurnekian participa de 76 concessões de aeroportos - inclusive participando dos consórcios de Brasília e Natal -, na América Latina e Armênia. Também é acionista de uma grande cervejaria argentina e tem mais 2 mil quilômetros quadrados de plantações de alimentos no norte da Argentina, além de algumas regiões na Armênia. 

Tem também uma fábrica de semicondutores na Argentina, a United Blue - que pode se tornar a "irmã mais velha" da SIX. Sua entrada na empresa poderia provocar um leve atraso de um ou dois meses nas obras da SIX, que estão levemente atrasadas. 

2013 foi um ano difícil para Eike; clique na imagem abaixo e relembre

Mais Economia