IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Petrobras diz que não precisa de alta do combustível para pagar por Libra

Do UOL, em São Paulo

23/10/2013 15h03Atualizada em 23/10/2013 17h12

A Petrobras (PETR4) tem recursos em caixa para pagar a sua parte no bônus de assinatura da reserva de Libra, leiloada esta semana, sem a necessidade de reajuste de combustíveis e sem aporte do Tesouro, disse nesta quarta-feira (23) a presidente da estatal, Maria das Graças Foster, após se reunir com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em Brasília.

Ela disse que o único tema discutido com o ministro foi o investimento a ser realizado em Libra. Mantega é também o presidente do Conselho de Administração da Petrobras.

A estatal brasileira venceu o leilão pelo direito de exploração da área de Libra --maior reserva de petróleo já descoberta no Brasil-- em parceria com a anglo-holandesa Shell, a francesa Total e as estatais chinesas CNPC e CNOOC.

Graça Foster disse ainda que o único tema discutido com o ministro foi o investimento a ser realizado em Libra. Mantega é também o presidente do Conselho de Administração da Petrobras.

"Tratamos dos investimentos de Libra, de como se darão as curvas de investimento de Libra. Saímos do leilão e eu precisava conversar com o presidente do Conselho", afirmou a presidente, ressaltando que o tema "reajuste de combustível" não entrou na discussão com o ministro.
Questionada sobre o eventual reajuste, ela limitou-se a dizer que "não tem data".

O bônus de assinatura de Libra foi de 15 bilhões de reais. Como a Petrobras detém 40% no consórcio vencedor do leilão, ela terá que desembolsar R$ 6 bilhões ainda este ano.

(Com Reuters)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia