Inflação em 2015 foi maior em Curitiba e Fortaleza, e menor em BH e Vitória

Do UOL, em São Paulo

A inflação oficial fechou 2015 em 10,67% considerando o país todo, mas esse valor variou de uma região para outra. 

  • 48944
  • true
  • http://economia.uol.com.br/enquetes/2016/01/06/o-que-pesa-mais-no-seu-bolso-neste-inicio-do-ano.js

A região metropolitana de Curitiba foi o local que teve a maior alta de preços (12,58%), puxada pelo reajuste de 50% nas alíquotas do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre vários itens.

Na capital paranaense, por exemplo, a alta dos alimentos consumidos em casa foi de 16,36% e a conta de luz saltou 69,22%.

Na outra ponta, Belo Horizonte foi a região com a inflação mais baixa: 9,22%.

Na região metropolitana de São Paulo, os preços avançaram 11,11% no ano passado. No Rio, 10,52%.

Os dados do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) foram divulgados nesta sexta-feira (8) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Veja como ficou a inflação em 2015 por região:

  • Curitiba: 12,58%
  • Fortaleza: 11,43%
  • Porto Alegre: 11,22%
  • São Paulo: 11,11%
  • Goiânia: 11,10%
  • Rio de Janeiro: 10,52%
  • Recife: 10,15%
  • Campo Grande: 9,96%
  • Belém: 9,93%
  • Salvador: 9,86%
  • Brasília: 9,67%
  • Vitória: 9,45%
  • Belo Horizonte: 9,45%

A crise econômica no bolso: o que mudou na sua vida?

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos