Bolsas

Câmbio

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta sexta, 29 de janeiro

Denise Perotti

Do UOL, em São Paulo

Mercado financeiro

A Bolsa teve o terceiro dia seguido de alta hoje. Puxada pelas ações da Petrobras e de bancos, o índice subiu 4,6%, com 40.405 pontos. Com isso, a Bovespa termina a semana com valorização de 6,24%, mas fecha janeiro com baixa de 6,8%.

Entre as ações, os papéis da Petrobras tiveram valorização de 6,29%, vendidos a R$ 6,93. Entre os bancos, destaque para as altas do Bradesco, de 6,7%, e do Itaú Unibanco, de 4,66%.

No mercado de câmbio, o dólar teve a segunda queda seguida e fechou em baixa de 1,36%, cotado a R$ 4,024 na venda.

Leia mais

 

Dívida pública

A dívida pública do Brasil fechou 2015 com recorde e chegou a 66,2% do PIB.

No ano, o setor público gastou R$ 111,2 bilhões a mais do que arrecadou. As contas foram pressionadas principalmente pelos pagamentos das chamadas pedaladas fiscais, as dívidas do governo com bancos públicos e o FGTS.

Leia mais

 

Estatal em crise

A Petrobras terminou 2015 com redução de 20%  nas reservas de petróleo e de gás natural. A estatal fechou o ano com 13,279 bilhões de barris. Para a empresa, a maior parte da queda se deve a "revisões técnicas".

Leia mais

 

Gastos só aumentam

O orçamento das Olimpíadas de 2016, no Rio, teve um aumento de R$ 400 milhões em relação à última estimativa, de agosto do ano passado.

No total, o valor necessário agora para realizar o evento chega a R$ 39,1 bilhões. A revisão incluiu custos relacionados a arquibancadas e a locação de equipamento de energia temporários.

Leia mais

 

Levy vetado

A Comissão de Ética da Presidência da República decidiu impedir o ex-ministro da Fazenda Joaquim Levy de assumir o cargo de diretor financeiro no Banco Mundial até junho.

Na avaliação deles haveria conflito de interesses pelo fato de o ex-ministro ter mantido relações com o Banco Mundial enquanto ocupava o cargo na Fazenda.

Leia mais

 

Empreendedorismo

Quer investir, mas não sabe por onde começar? O setor de franquias pode ser uma ótima opção. Apesar da crise econômica no país, o setor registrou faturamento de R$ 139,6 bilhões em 2015, e cresceu 8,3% em relação a 2014.

Em número de unidades, a alta foi de 10,1%. Já as redes cresceram 4,5%.

Leia mais

 

Nota da Vale cai

A agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou hoje a nota de crédito da mineradora Vale para BBB-.

A agência também colocou a nota da empresa em perspectiva negativa devido ao enfraquecimento do mercado de minério de ferro.

Leia mais

 

Agenda

A FGV divulga na segunda-feira o Índice de Preços ao Consumidor Semanal. A expectativa é de alta de 1,74%.

Já o Banco Central vai liberar o relatório Focus, que compila a opinião de instituições financeiras sobre os principais índices macroeconômicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos