IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Azul lança serviço para quem está no Brasil e quer comprar em sites dos EUA

Do UOL, em São Paulo

18/04/2018 17h53Atualizada em 18/04/2018 18h45

A empresa aérea Azul anunciou nesta quarta-feira (18) um serviço para quem está no Brasil e quer comprar em sites dos Estados Unidos. O serviço, chamado de Azul Box, deve começar a funcionar até o fim desta semana, segundo a companhia.

Primeiro, os consumidores terão que preencher, gratuitamente, um cadastro no site da Azul Box, informando seu endereço no Brasil. Ao comprar em uma loja virtual dos EUA, o cliente deve pedir que o produto seja entregue no depósito central da Azul Cargo Express em Miami.

De lá, segundo a empresa, a encomenda será entregue no endereço do comprador em qualquer lugar do Brasil pela unidade de cargas da Azul, que conta com uma rede de franqueados de 200 lojas no país.

Leia também:

Segundo a empresa, a taxa de envio para cada encomenda será cobrada em dólar, e o preço dependerá do valor, do peso e das dimensões do produto. A entrega será feita em até cinco dias após o pagamento no site Azul Box, informou a companhia.

Os pacotes passarão pelos processos de importação da Receita Federal e estarão sujeitos às taxas alfandegárias.

Uma calculadora de envio para simular valores de frete e também de impostos deve ser oferecida em breve no site, segundo a Azul. 

Correios devem lançar serviço em junho

Os Correios também anunciaram que devem lançar em junho um serviço para ajudar consumidores brasileiros que queiram comprar em sites dos Estados Unidos. Chamado de Compra Fora, o serviço deve fazer o meio de campo entre o comprador brasileiro e o site americano.

A compra poderá ser entregue nos EUA a um parceiro dos Correios, que encaminhará a encomenda ao Brasil.

Veja caminho que sua mala faz no aeroporto depois de despachada

UOL Notícias

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia