Bolsas

Câmbio

Receita investiga deduções falsas no IR de gastos com médico e educação

Do UOL, em São Paulo

O Escritório de Pesquisa e Investigação da Receita Federal em Minas Gerais deflagrou nesta quarta-feira (25) a operação "Dedução Fantasma", que apura suspeita de fraudes em deduções nas declarações de Imposto de Renda de pessoas físicas.

A Receita detectou um esquema no qual um grupo enviava declarações de Imposto de Renda com deduções (despesas médicas, instruções, pensão alimentícia, entre outros) supostamente inexistentes e, com isso, recebiam restituições indevidas.

Leia também:

Segundo a Receita, as declarações transmitidas com indício de fraude estavam relacionadas a servidores públicos do estado de Minas Gerais, e o valor das deduções declaradas indevidamente soma R$ 110 milhões. A investigação começou em 2017 por meio de denúncia.

Contribuinte pode pagar multa de até 150%

Ainda de acordo com a Receita, o contribuinte que teve a declaração com indício de fraude transmitida pelo grupo será intimado pela Receita Federal e poderá pagar multa de até 150% do valor sonegado.

Os artifícios identificados na investigação serão utilizados para selecionar outras declarações com os indícios de fraude, incluindo as que foram entregues em 2018. 

IR 2018: Quais deduções posso incluir na declaração?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos