PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Bancos estão preocupados com riscos políticos e aprovação de reformas

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

11/04/2019 11h34

Os bancos públicos e privados estão preocupados com os riscos políticos no país e as condições de governabilidade do presidente Jair Bolsonaro. Apesar da confiança na equipe econômica, as instituições financeiras avaliam que a situação fiscal do governo é preocupante. Os dados são do Relatório de Estabilidade Financeira (REF) do BC (Banco Central), publicado hoje.

"Se reformas estruturais não forem realizadas, o ambiente econômico permanecerá desfavorável aos negócios. Os respondentes consideram importante que o governo obtenha êxito na aprovação de reformas capazes de estabilizar o equilíbrio fiscal do setor público e de medidas necessárias para a retomada do crescimento econômico do país", informou o relatório.

Segundo o BC, quando considerado apenas o risco classificado como o mais importante entre os três mais citados pelos bancos, os riscos fiscais-políticos se destacam como o fator mais preocupante. Essa preocupação foi citada por 65% das instituições em fevereiro de 2019. Em agosto de 2018, esse percentual era de 53%.

"Os resultados da Pesquisa de Estabilidade Financeira (PEF) demonstram que o mercado mantém elevada a preocupação com os riscos relacionados à aprovação das medidas necessárias ao equilíbrio fiscal e à retomada do crescimento econômico", informou o BC.

Após 'tigrão' e 'tchutchuca', sessão na CCJ é encerrada e vira confusão

UOL Notícias
PUBLICIDADE