Topo

Mídia e Marketing


Internet dispara 20% e lidera alta nos investimentos com anúncios no Brasil

Mathias Pape/UOL
Imagem: Mathias Pape/UOL

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2019-04-12T15:04:49

12/04/2019 15h04

A internet foi o meio que mais cresceu nos investimentos com publicidade em 2018. O investido em mídia digital avançou de R$ 2,43 bilhões em 2017 para R$ 2,92 bilhões em 2018, um aumento de 20%. A internet foi um dos dois únicos meios que tiveram alta e ainda abocanhou a segunda maior parcela do total investido em anúncios no país.

Os números são do Cenp (Conselho Executivo das Normas-Padrão), que reúne as 78 maiores agências do país, mas não todo o mercado. Portanto, os dados são parciais e refletem mais os investimentos em mídia tradicional. É um bom termômetro, mas a realidade do investimento em internet é provavelmente ainda maior.

Larga vantagem da internet sobre outros meios

A internet foi um dos dois únicos meios que cresceram entre 2017 e 2018. O outro foi mídia exterior (OOH), que subiu 9,7%. Os demais, como TV aberta, TV por assinatura, revistas e jornais, caíram.

Veja a evolução da publicidade de 2017 para 2018:

  • Internet: de R$ 2,4 bi para R$ 2,9 bi (+20,3%)
  • Mídia exterior: de R$ 1,3 bi para R$ 1,4 bi (+9,7%)
  • TV aberta: de R$ 9,66 bi para R$ 9,64 bi (-0,1%)
  • TV por assinatura: de R$ 1,39 bi para R$ 1,22 bi (-12,4%)
  • Revistas: de R$ 344 milhões para R$ 256,6 milhões (-23,4%)
  • Jornais: de R$ 534,8 milhões para R$ 395,6 milhões (-26,9%)

Internet detém segunda maior fatia de publicidade

O levantamento aponta que a internet deteve em 2018 a segunda maior fatia dos investimentos com publicidade no Brasil: 17,7%. A TV aberta lidera com 58,3% de participação. Mídia exterrior vem em terceiro lugar com 8,4%.

Crescimento geral abaixo da inflação

O relatório do órgão informou que o investimento em publicidade no Brasil foi de R$ 16,54 bilhões em 2018.

O crescimento do bolo publicitário total, em relação a 2018, foi de 0,57% --abaixo da inflação, que marcou 3,75% no mesmo período, segundo dados do IPCA/IBGE.

Recorte é uma parte da realidade do mercado

Os números não retratam toda a movimentação de mídia, mas sim os pedidos de inserção das 78 maiores agências de publicidade atuantes no Brasil. Segundo cálculos do próprio Cenp, contemplam cerca de 60% do investimento total em mídia feito no Brasil.

Segundo Ana Moisés, presidente do IAB Brasil (Internet Advertising Bureau), entidade que reúne as principais empresas do mercado digital, as agências pesquisadas pelo Cenp representam uma parcela significativa, mas que está longe de ser uma fotografia do mercado.

"Acreditamos que os números reais são muito diferentes. A parcela de internet, hoje, é muito maior. Passamos dos 30% há tempos", declarou a executiva.

Fora dos números do relatório estão os investimentos de pequenos e médios anunciantes, principalmente regionais, em plataformas digitais como Google e Facebook.

Além disso, ficam de fora da conta agências internas, de mídias sociais, conteúdo, relações públicas, influenciadores, empresas de e-commerce e consultorias, além dos números de algumas companhias que não podem ser divulgados.Publicidade digital vai superar a tradicional nos EUA

O investimento em publicidade digital vai superar o realizado nos meios tradicionais nos Estados Unidos pela primeira vez.

A afirmação é da consultoria eMarketer, em relatório divulgado em fevereiro deste ano. Segundo a empresa, o mercado publicitário do setor no país vai receber cerca de US$ 130 bilhões em 2019, o que corresponde a 54% do total investido em publicidade nos EUA.

"A mudança constante da atenção dos consumidores para as plataformas digitais chegou a um ponto de inflexão para os anunciantes. Isso força uma presença maior no digital para aumentar o crescimento no alcance e nos lucros, que estão desaparecendo na publicidade nos meios tradicionais", declarou Monica Peart, diretora de análise de dados da eMarketer.

Digital cresce também na América Latina

Um outro relatório da eMarketer, divulgado no final de março deste ano, aponta um crescimento de 14,1% no investimento em publicidade digital na América Latina em 2019.

O documento informa que as plataformas digitais receberão quase um terço da publicidade na região até o final deste ano. A expectativa é que os anunciantes desembolsem US$ 9,17 bilhões em anúncios na internet.

O relatório ainda projeta que o Brasil continuará sendo o maior mercado de anúncios em mídias digitais na América Latina, com 53% de todo o investimento publicitário do segmento na região.

Mais Mídia e Marketing