IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Reforma da Previdência


Nova Previdência é defendida em 'merchan' no Ratinho, memes e até horóscopo

Luma Poletti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/07/2019 04h00Atualizada em 03/07/2019 19h12

O governo e seus apoiadores têm apostado em novas ferramentas para promover a reforma da Previdência. As ações vão de merchandising em programas populares de TV a conteúdos feitos sob medida para as redes sociais, como vídeos ligando, de brincadeira, a aposentadoria ao signo de cada um.

Ciente da importância de conquistar apoio de grupos na internet, defensores da reforma investiram na distribuição de vídeos curtos para difundir a proposta, usando memes, linguagem simples e a fórmula da comunicação direta, sem intermediários, da qual o presidente Jair Bolsonaro é um entusiasta.

Veja abaixo algumas dessas estratégias. Algumas --como o merchandising e os anúncios em jornais, revistas e TV-- partiram da comunicação oficial do governo. Outras --como o horóscopo-- foram iniciativa de políticos aliados e grupos que apoiam as mudanças na aposentadoria.

Plantão tira-dúvidas

Criado em maio, o Gabinete de Inteligência tem papel estratégico nesta empreitada.

Joice Hasselmann (PSL-SP), líder do governo no Congresso e uma das mais influentes políticas brasileiras nas redes sociais, montou uma sala anexa a seu gabinete. O secretário da Previdência disponibilizou dois servidores do Ministério da Economia especialistas no assunto. Nascia, assim, o Gabinete de Inteligência.

Os servidores esclarecem dúvidas sobre a proposta, com horário marcado, e fornecem informações para os parlamentares subsidiarem suas argumentações. Também respondem a perguntas que chegam à liderança do governo por meio das redes sociais.

Conteúdo segmentado por região

Imagem sobre a reforma da Previdência distribuída pelo governo  - Divulgação
Imagem sobre a reforma da Previdência distribuída pelo governo
Imagem: Divulgação

O gabinete também produz material de divulgação personalizado por região do país e até por área de interesse. A grande maioria é para espalhar em grupos no WhatsApp, mas também há materiais distribuídos para deputados e assessores, para que eles repliquem o conteúdo em suas redes.

Imagens distribuídas pelo Gabinete de Inteligência, por exemplo, destacam a economia que a reforma pode gerar de acordo com a região do país e incentivam os internautas a cobrar os deputados de seus estados a votar a favor do texto.

Horóscopo da Nova Previdência

Uma ação de marketing feita especialmente para ser compartilhada nas redes sociais é o "Horóscopo da Nova Previdência", que lança mão de vídeos curtos, cheios de memes e tom bem humorado para relacionar a reforma com cada signo do zodíaco.

O vídeo para o signo de leão, por exemplo, tem memes de bebês fofinhos, um trecho da música "Shallow" e uma mensagem: "Sua vida amorosa está muito agitada. Você vai amar aqueles deputados que votarem a favor da Previdência para tirar o Brasil do fundo do poço", diz uma voz robótica, típica de aplicativos e assistentes virtuais.

Veja os vídeos do "Horóscopo da Nova Previdência" para os signos: áries, touro, gêmeos, câncer, leão e virgem (mais abaixo continua com os outros signos):

Veja os vídeos do "Horóscopo da Nova Previdência" para os signos: libra, escorpião, sagitário, capricórnio, aquário e peixes:

Lembrando de Lula e FHC

Outros materiais divulgados pelo governo e seus aliados rebatem opiniões e argumentos contrários à reforma, e um dos vídeos simula até mesmo um diálogo em aplicativo de conversa para reforçar que ex-presidentes como Lula e FHC também defendiam a mudança nas regras da aposentadoria.

Vídeo do governo promove a reforma da Previdência

UOL Notícias

Merchan na TV aberta

Enquanto o trabalho nas redes sociais conta com o auxílio de colaboradores e apoiadores do governo, a equipe de Bolsonaro também investe em ações de merchandising em programas da TV aberta.

A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) não informou o valor investido. Não é possível saber exatamente os valores pagos a cada emissora, pois o preço varia de acordo com o anúncio e a quantidade de inserções. É possível ter uma noção do montante, de acordo com o valor informado pelas emissoras:

  • Na RedeTV!, um minuto de merchandising no programa comandado por Luciana Gimenez (Luciana By Night) custa R$ 298.060; o mesmo tempo no programa Mega Senha 2.1, apresentado por Marcelo Carvalho, custa R$ 445,5 mil.
  • No SBT, os escolhidos para veiculação de merchandising foram: Programa do Ratinho (com valores a partir de R$ 736,8 mil), Eliana (a partir de R$ 837,6 mil) e Operação Mesquita (a partir de R$ 230,2 mil).
  • No caso da Band e da Record, não foram informados os valores de ações de merchandising, apenas as inserções comerciais no intervalo dos programas escolhidos pelo governo.

Veja abaixo a relação de ações de merchandising em emissoras da TV aberta:

SBT:

  • Programa do Ratinho (Ratinho): 21/5, 4/6, 19/6 e 4/7
  • Eliana (Eliana): 16/6
  • Operação Mesquita (Otávio Mesquita): 30/5, 20/6 e 27/6

Record:

  • Hoje em Dia (César Filho): 29/5, 6/6 e 17/6
  • Hoje em Dia (Ana Hickmann): 14/6 e 25/6

Band:

  • Brasil Urgente (Datena): 31/5, 5/6, 11/6 e 4/7
  • Terceiro Tempo (Milton Neves): 26/5

Rede TV:

  • Luciana By Night (Luciana Gimenez): 28/5, 4/6, 18/6, 25/6, 2/7 e 9/7
  • Mega Senha 2.1 (Marcelo de Carvalho): 1/5, 8/6, 15/6, 22/6, 29/6, 6/7 e 13/7

Quem paga a conta?

Questionada pelo UOL a respeito da equipe e da origem dos recursos para financiar as ações de marketing, a assessoria do gabinete informou que os materiais são produzidos por "movimentos e institutos que apoiam a nova Previdência", que enviam os conteúdos para o gabinete --que fica a cargo da edição e distribuição.

No começo de maio, o governo afirmou que investiria R$ 40 milhões na nova campanha publicitária para defender a reforma.

Em nota enviada ao UOL após a publicação desta reportagem, a Secretaria Especial de Comunicação Social afirmou:

"A campanha publicitária do Governo Federal sobre a nova previdência, formulada pela Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) e produzida pela agência Artplan, tem o mote 'Nova Previdência, pode perguntar' e está no ar nos meios de televisão, rádio, jornal, internet e outdoor.

Outras ações, como a série de vídeos 'Horóscopo da Nova Previdência', não fazem parte da campanha desenvolvida pela Secom. Há diversas iniciativas independentes defendendo a aprovação da proposta, o que demonstra a relevância do tema e a compreensão, por diversos atores, da importância da aprovação da matéria."

Em vídeo do PSL, frentista defende reforma da Previdência e imita Bolsonaro

UOL Notícias
Errata: o texto foi atualizado
Versão anterior do título e do texto não deixavam claro que nem todas as ações para promover a reforma da Previdência são oficiais do governo, pois há iniciativas promovidas por aliados políticos ou grupos que apóiam a reforma. O título e o texto foram alterados.

Mais Reforma da Previdência