IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Secretário da Receita, Marcos Cintra é demitido

Wilson Dias/Agência Brasil
Imagem: Wilson Dias/Agência Brasil

Do UOL, em São Paulo

11/09/2019 15h52Atualizada em 11/09/2019 17h53

O secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, foi demitido do cargo. Ele era defensor da nova CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras). A exoneração foi divulgada pelo ministério da Economia.

Essa é a segunda baixa na equipe econômica do ministro Paulo Guedes. Em junho, Joaquim Levy deixou a presidência do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

O ministério, na nota em que confirma a exoneração de Cintra, disse ainda que "não há um projeto de reforma tributária finalizado". "A equipe econômica trabalha na formulação de um novo regime tributário para corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento".

O substituto de Cintra é o auditor José de Assis Ferraz Neto, que ocupará o cargo interinamente.

Leia a íntegra da nota do ministério da Economia:

O Ministério da Economia comunica o pedido de exoneração do secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra.

Esclarece ainda que não há um projeto de reforma tributária finalizado. A equipe econômica trabalha na formulação de um novo regime tributário para corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento.

A proposta somente será divulgada depois do aval do ministro Paulo Guedes e do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O ministro Paulo Guedes agradece ao secretário Marcos Cintra pelos serviços prestados.

O auditor fiscal José de Assis Ferraz Neto assume interinamente o cargo.

Governo planeja novo imposto parecido com a CPMF

Band Notí­cias

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia