IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Até 29 milhões de pessoas não devem sacar o FGTS, diz presidente da Caixa

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

16/10/2019 12h30

Leia também:

  • 96 milhões de trabalhadores têm direito de sacar até R$ 500 de cada conta do FGTS
  • 29 milhões não devem procurar a Caixa Econômica Federal para fazer o saque, segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães
  • Ele afirma que "a falta de informação é o principal problema"
  • A fase de saques dos não correntistas começa nesta sexta-feira (18) e é considerada a mais complexa

Dos 96 milhões de trabalhadores que têm direito de sacar até R$ 500 de cada conta do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), 29 milhões não devem procurar a Caixa Econômica Federal para receber os recursos.

A estimativa foi divulgada pelo presidente do banco, Pedro Guimarães. Ele afirmou que até 70% dos cotistas do FGTS devem procurar a estatal para receber o dinheiro. Segundo Guimarães, apesar da divulgação das informações sobre a possibilidade de saque, muitos trabalhadores não têm se informado sobre ao assunto.

"Os trabalhadores terão até 31 de março para fazer o saque imediato. A falta de informação é o principal problema nesse processo, sobretudo para quem não é cliente da Caixa e não tem relacionamento como banco", disse.

A fase de saques dos não correntistas, que começa nesta sexta-feira (18), é a mais complexa porque demandará atendimento nas agências, disse o presidente da Caixa.

"Essa é a fase mais complexa. Os primeiros movimentos foram simples. Poucas pessoas foram as agências ou lotéricas. O grande ponto desse movimento é a necessidade de utilização da rede agências, em especial das lotéricas", declarou.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Veja 3 novas regras do FGTS

Economia