PUBLICIDADE
IPCA
-0,31 Abr.2020
Topo

Guedes: coronavírus foi a 'gota d'água' para crise econômica mundial

O ministro da Economia, Paulo Guedes - Renato Costa/Framephoto/Estadão Conteúdo
O ministro da Economia, Paulo Guedes Imagem: Renato Costa/Framephoto/Estadão Conteúdo

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

09/03/2020 10h40

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a crise econômica está se aprofundando, com desaceleração mundial. Segundo ele, o surto mundial do coronavírus foi a "gota d'água" nesse processo.

"O mundo está em desaceleração econômica. Aí veio o coronavírus e acelerou a queda. O mundo está realmente em um momento crítico. O coronavírus está só sendo a gota d'agua. O mundo já estava desacelerando e o coronavírus virou uma pandemia que acelerou essa queda da economia mundial", disse Guedes.

Diante da crise com queda no preço do petróleo e alta do dólar, Guedes afirmou que o governo precisa manter a serenidade e a resposta à crise são as reformas.

"Nós temos que manter a serenidade e a melhor resposta à crise são as reformas. As reformas são a melhor resposta à crise. Nós vamos mandar a reforma administrativa, o pacto federativo já está lá, nós vamos mandar a reforma tributária e vamos seguir o nosso trabalho. E o Brasil tem dinâmica própria de crescimento. O Brasil é uma economia continental", disse.

Segundo Guedes, enquanto a economia global cresceu nos últimos anos o Brasil afundou. Ele declarou que o país não está totalmente exposto ao ambiente internacional.

"O Brasil tem dinâmica própria. Nós estávamos fazendo coisas erradas, então o mundo voou por duas ou três décadas e o Brasil descendo. A taxa de crescimento está descendo há décadas. O Brasil já foi a economia mais dinâmica do mundo", disse.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.

Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.

Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Economia