PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Bradesco e Itaú anunciam redução nos juros após BC baixar taxa Selic

Getty Images/iStockphoto/meronn
Imagem: Getty Images/iStockphoto/meronn

Do UOL, em São Paulo

18/03/2020 18h49Atualizada em 19/03/2020 07h42

O Bradesco e o Itaú Unibanco anunciaram hoje que vão reduzir suas taxas de juros para clientes pessoa física e jurídica, repassando o corte de 0,50 ponto percentual da taxa básica de juros para suas linhas de crédito.

A iniciativa, tomada em decorrência da pandemia do novo coronavírus, foi anunciada após a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) realizada hoje, que determinou nova queda da Selic para 3,75% ao ano.

No caso do Itaú, o banco afirmou que as pessoas físicas serão beneficiadas no empréstimo pessoal, enquanto pessoas jurídicas terão redução no capital de giro. As novas taxas passam a valer na segunda-feira (23) e irão variar de acordo com o perfil do cliente e do relacionamento com o banco.

"A decisão anunciada pelo Copom contribui para amenizar os efeitos econômicos da crise provocada pelo avanço da Covid-19", explicou Márcio Schettini, diretor-geral de varejo do Itaú Unibanco.

"Nesse contexto, não poderíamos seguir outro caminho senão o de repassar integralmente a redução da Selic. Seguimos trabalhando para que nossos clientes, sejam pessoas físicas ou empresas, sintam-se apoiados neste momento desafiador", acrescentou.

Segundo o Itaú, as reduções de taxas dão continuidade a um movimento que vem ocorrendo desde o início de 2019, no qual o banco anuncia cortes após todas as decisões do Copom sobre a Selic.

Assim, "o Itaú Unibanco reforça seu posicionamento de manter preços competitivos no mercado, sem deixar de lado o valor agregado em seus serviços e produtos, buscando sempre oferecer a melhor relação custo-benefício para todos os clientes", diz nota emitida pela empresa.

Já o Bradesco anunciou somente que vai reduzir as taxas de suas principais linhas de crédito, acompanhando o Copom, também a partir de segunda-feira.