PUBLICIDADE
IPCA
-0,31 Abr.2020
Topo

Ministro diz que Bolsonaro sancionou abono de R$ 600; presidente espera MP

Adriano Machado/Reuters
Imagem: Adriano Machado/Reuters

Do UOL, em São Paulo

01/04/2020 19h29Atualizada em 01/04/2020 19h39

O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge de Oliveira, confirmou hoje que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) enfim sancionou o auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais, autônomos e em contratos intermitentes.

"O presidente Jair Bolsonaro sanciona projeto que prevê auxílio emergencial de R$ 600 mensais durante três meses para trabalhadores informais, autônomos dentre outros", escreveu Oliveira.

Mais cedo, ao "Brasil Urgente", da TV Bandeirantes, Bolsonaro já tinha anunciado a sanção do abono. O presidente, porém, avisou que a novidade só será publicada no Diário Oficial da União (DOU) quando chegar uma outra medida provisória (MP) "que trata de créditos".

"Acredito que daqui a uma hora esteja pronta essa outra medida provisória. Não posso publicar agora porque é botar um cheque sem fundo na praça. Aqui a burocracia e também a Lei de Responsabilidade Fiscal são aquela cobra que estão sempre do meu lado", explicou.

Economia