PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Bolsonaro quer ampliar prazo para pagamento de prestação da casa própria

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

14/05/2020 09h06Atualizada em 14/05/2020 11h37

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) declarou hoje que, em virtude do impacto do coronavírus na economia, vai solicitar à Caixa Econômica Federal um prazo maior, de até quatro meses, de suspensão do pagamento da casa própria para os que têm financiamento junto ao banco estatal.

De acordo com o mandatário, 5 milhões de clientes seriam beneficiados. A medida deve ser anunciada em breve pelo presidente do banco, Pedro Guimarães.

Bolsonaro disse ter tomado a iniciativa depois de ler nos jornais que 2,3 milhões de brasileiros requisitaram à Caixa "pausar o crédito", isto é, interromper o regime de financiamento por conta da escassez de recursos. O governo já havia estabelecido um prazo de três meses de suspensão. Na prática, portanto, os contratantes terão 30 dias a mais de fôlego financeiro.

Para o presidente, a população não tem como priorizar a quitação de prestações da casa própria. "O dinheiro que está sobrando está indo para a comida", afirmou ele na manhã de hoje ao deixar o Palácio da Alvorada, em Brasília.

Bolsonaro criticou as medidas restritivas de enfrentamento ao coronavírus, voltou a alfinetar governadores e prefeitos e defendeu a retomada da rotina no país. Na visão dele, a quarentena está destruindo a economia, e o "lockdown" (cenário de bloqueio total das atividades) é "o caminho do fracasso".

"O Brasil está se tornando um país de pobres."