PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Reclamações por vendas online no semestre superam em 55% todo o ano de 2019

Compras online: principais reclamações são sobre a entrega - Getty Images/iStockphoto
Compras online: principais reclamações são sobre a entrega Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

09/07/2020 14h38

As reclamações relacionadas às compras online no primeiro semestre de 2020 superam em 55% todas as registradas no ano de 2019. Problemas com a entrega aparecem como a principal queixa dos clientes, aponta um relatório do Procon de São Paulo.

Durante todo o ano de 2019, foram registradas 78.419 reclamações por compras pela internet. Nos últimos seis meses foram apontadas 121.173 demandas, aumento de 55%.

Devido à pandemia do novo coronavírus, o varejo foi fechado em muitas cidades brasileiras, o que aqueceu o comércio pela internet. Porém, a pandemia não afetou apenas as lojas físicas, mas também a entrega dos produtos.

De acordo com o Procon, a principal queixa dos consumidores é sobre a logística. A não entrega de produtos resultou em 31.614 registros, seguida por problemas com cobrança, com 10.559 reclamações.

No início da pandemia no Brasil, a unidade do órgão em São Paulo registrou reclamações de aumento no preço de alguns produtos considerados essenciais, como gás de cozinha, álcool em gel e máscaras e criou uma página exclusiva para esse tipo de registro.