PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Maia cobra regulamentação do teto de gastos para evitar 'mais uma crise'

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defende a votação do teto de gastos o quanto antes - Gabriela Biló/Estadão Conteúdo
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defende a votação do teto de gastos o quanto antes Imagem: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

28/09/2020 16h28

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), cobrou hoje a regulamentação do teto de gastos o quanto antes. Em postagem no Twitter, o deputado federal afirmou que o atual cenário pode provocar "mais uma crise" e ter impactos negativos na retomada econômica.

"O governo e o Congresso precisam enfrentar o desafio de regulamentar o teto de gastos JÁ. Essa indefinição pode provocar mais uma crise que vai impactar a vida dos brasileiros, adiando ainda mais a recuperação econômica provocada pela pandemia", escreveu Maia.

Maia defende que os gatilhos do teto de gastos sejam votados pelo Congresso Nacional antes mesmo da reforma administrativa. No entanto, o deputado destacava a necessidade de se regulamentar o teto antes de definir novo programa de renda mínima.

Hoje, o governo anunciou o Renda Cidadã, programa que substituirá o Bolsa Família. Embora aliados tenham declarado que o governo não deve furar o teto de gastos para implementar o projeto, que deve utilizar parte de recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica), a colunista do UOL, Carla Araújo, atenta para o risco de o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cometer pedalada fiscal no desvio de recursos.