PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

4 dicas de liderança de Jeff Bezos, fundador da Amazon e mais rico do mundo

Jeff Bezos, fundador da Amazon - Andrej Sokolow/picture alliance via Getty Images
Jeff Bezos, fundador da Amazon Imagem: Andrej Sokolow/picture alliance via Getty Images

Felipe Oliveira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/11/2020 17h15

Dormir cedo e acordar cedo, tomar café da manhã com os filhos e fazer exercícios. Muitos dizem que não conseguem encontrar tempo para fazer esse tipo de coisa, mas Jeff Bezos, fundador da Amazon e pessoa mais rica do mundo, diz que atividades como essas ajudam na tomada de decisões.

"Eu priorizo o sono, a menos que esteja viajando, [em lugares] com fusos horários diferentes. Às vezes, conseguir oito horas [de sono] é impossível, mas estou muito focado nisso e preciso de oito horas. Meu humor fica melhor", disse Bezos, dono de uma fortuna estimada em US$ 182 bilhões.

A declaração está no novo livro do bilionário, "Invent and Wander: The Collected Writings of Jeff Bezos" (Inventar e Vagar: A Coleção de Escritos de Jeff Bezos, em tradução livre), ainda não publicado no Brasil. Um trecho da obra foi publicado pelo site Fast Company.

Confira outras dicas de liderança do bilionário.

1. Use a manhã para tarefas importantes

Para o homem mais rico do mundo, organizar o tempo e fazer tarefas pela manhã é fundamental.

"Marco minha primeira reunião para as 10h. Gosto de fazer minhas reuniões de QI alto antes do almoço. Qualquer coisa que seja realmente desafiadora mentalmente é uma reunião às 10h, porque às cinco da tarde eu não consigo pensar mais sobre o assunto", diz.

2. Tome poucas decisões e pense no futuro

Bezos diz que um executivo sênior é pago para tomar poucas decisões, mas de alta qualidade. "Se eu tomar três boas decisões por dia, isso é o suficiente, e elas devem ser da melhor qualidade que eu puder", afirma.

Ele aponta a importância de se pensar no futuro para a tomada de decisões e diz que na Amazon "todos os executivos seniores operam da mesma maneira que eu".

"Eles [executivos] funcionam pensando no futuro, vivem no futuro. Nenhuma das pessoas que se reporta a mim deve realmente se concentrar no trimestre atual", diz. Bezos ainda afirma que quando o parabenizam pelo trimestre, ele diz: "Obrigado, mas o que estou realmente pensando é que o trimestre foi feito há três anos".

"No momento, estou trabalhando em um trimestre que se revelará em algum momento de 2023. Você precisa pensar com dois ou três anos de antecedência", completa.

3. Identifique as decisões com efeitos irreversíveis

Para o bilionário, decisões que são irreversíveis e cujas consequências são mais sérias devem ser feitas com cuidado, tomando o tempo necessário. Por isso, o CEO da Amazon afirma que é importante, antes de mais nada, identificá-las, questionado se a decisão é "uma porta de mão única ou de mão dupla".

Bezos diz que nenhum executivo deve tomar decisões "de mão única" rapidamente. Em vez disso, deve chegar a um consenso com a equipe após um debate e "muito pensamento".

4. Estimule a equipe a discordar

Outro ponto importante, segundo Bezos, é que o líder estimule sua equipe a discordar e a ter vários pontos de vista. Ele diz que o executivo, "como a pessoa mais experiente", deve solicitar que a equipe "jogue, discorde e se comprometa".

Para o bilionário, porém, em alguns dos momentos em que chefe e subordinado discordarem, o chefe precisar chamar para si a decisão e bancá-la.

"Às vezes, você deve ignorar os subordinados, mas esse julgamento é só seu", diz.