PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Médica leva golpe de R$ 240 mil ao tentar comprar lancha e quatro veículos

"Só descobri que foi um golpe mesmo na última segunda-feira, quando fomos retirar os itens", disse Camila Costa - Acervo pessoal
"Só descobri que foi um golpe mesmo na última segunda-feira, quando fomos retirar os itens", disse Camila Costa Imagem: Acervo pessoal

Ed Rodrigues

Colaboração para o UOL, no Recife

12/02/2021 18h19

Uma médica do Rio Grande do Norte perdeu R$ 240 mil ao tentar arrematar cinco veículos em um site falso de leilões. O pacote oferecia uma lancha, avaliada em R$ 150 mil, e quatro automóveis. O lance inicial de R$ 30 mil despertou o interesse da intensivista Camila Costa e do marido dela. Somente no momento de buscar os itens foi que ela percebeu que havia caído em um golpe.

O plano era arrematar a lancha por até R$ 40 mil e dividir o valor com amigos do casal, segundo Camila. Os automóveis foram ideia do marido, que queria dar dois deles de presente e negociar os outros dois.

"Seria só uma lancha, a princípio, para dividir para quatro amigos. R$ 10 mil para cada um. Nunca tínhamos entrado nesse tipo de site. Meu marido se deslumbrou com a variação de valor de mercado e eu estava para trocar de carro e dar um carro de presente para meu pai", contou a médica ao UOL.

"Os outros dois carros eram para revenda. Não é nosso ramo, porém meu esposo me garantiu que tinha perspectiva de mais de R$ 50 mil de lucro. E o dinheiro estava disponível", acrescentou.

Ao cair no golpe, Camila Costa perdeu as economias de dois anos e meio. Ela disse que chegou a desconfiar, mas confiou no companheiro. "Trinta minutos antes de fechar o leilão, ele achou que não deveríamos deixar passar. Só descobri que foi um golpe mesmo na última segunda-feira, quando fomos retirar os itens", explicou.

O lugar onde era para estar localizado o escritório/pátio da empresa de leilão, na verdade abriga uma metalúrgica. "Um senhor que chegou após alguns minutos me alertou que eu caíra em um golpe e que outras pessoas já haviam ido lá atrás de carros de leilão. Aí, fomos à delegacia."

O UOL procurou a Polícia Civil do Rio Grande do Norte. Por nota, a corporação informou que o caso foi registrado, mas que as investigações serão conduzidas pela Polícia Civil de São Paulo, estado de origem das contas golpistas. A PC paulista também foi procurada, mas ainda não se pronunciou sobre o caso.

Caso semelhante

Nesta semana, um piloto de avião do Recife caiu em um golpe semelhante. Pedro Ferreira tentou arrematar uma picape em um site que imita uma empresa conhecida no ramo dos leilões em Pernambuco. O prejuízo foi de R$ 63 mil. Assim como Camila, o piloto só percebeu o golpe quando foi tentar receber o veículo.