PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

PEC Emergencial: Policiais dizem ter evitado danos, mas citam "indignação"

Policiais marcam mobilização - Felipe Rau/Estadão Conteúdo
Policiais marcam mobilização Imagem: Felipe Rau/Estadão Conteúdo

Colaboração para o UOL, em Florianópolis

12/03/2021 11h53

Envolvidos em negociações da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Emergencial, os policiais avaliam que conseguiram "evitar danos" após a aprovação da matéria pelo Congresso Nacional.

A categoria, contudo, diz que o texto final gerou "indignação" pela possibilidade do congelamento dos salários dos servidores públicos por 15 anos. O resultado mantém uma mobilização prevista para 17 de março, em Brasília.

"Não obstante seja necessário reconhecer vitórias em pontos importantes da matéria, para a qual também se contou com o essencial apoio de diversos parlamentares que se posicionaram em defesa da segurança pública, é necessário registrar nossa indignação com a forma desproporcional por meio da qual a proposta continua atingindo o serviço público, entre eles a área de segurança pública", se manifestou a UPB (União dos Policiais do Brasil).

Os policiais ainda reclamaram que não foram chamados para negociar com o governo federal durante a elaboração da PEC antes de ser enviada ao Congresso Nacional.

"Cumpre esclarecer que, decorrente desses graves prejuízos, a UPB, formada pelas entidades legitimamente incumbidas pela representação dos policiais e demais profissionais de segurança pública civil, jamais celebrou qualquer acordo com o governo federal, sendo sequer chamada para negociação nesse sentido. A fim de deixar claro o descontentamento pelo tratamento injusto com o qual os profissionais de segurança pública civil, que mantiveram suas atividades durante toda a pandemia, vêm sendo tratados pelo governo federal", destaca.

A UPB prevê fazer uma carreata em protesto à PEC Emergencial, em Brasília, para 17 de março, a partir das 14h. A outra mobilização está marcada para 22 de março, as 15h, "em frente a cada uma das unidades de trabalho" pelo país.

UOL Economia+ fará evento para quem quer investir

Entre 23 e 25 de março, o UOL Economia+ e a casa de análises Levante Ideias de Investimento realizarão evento online gratuito. O economista Felipe Bevilacqua, analista certificado e gestor especialista da Levante, comandará três grandes aulas para explicar ao leitor do UOL como assumir as rédeas do próprio dinheiro.

O evento é gratuito para todos os leitores UOL. Garanta o seu lugar no evento aqui.

Ao clicar em “Enviar”, você concorda com a Política de Privacidade do Grupo UOL e aceita receber e-mails de produtos e serviços do Grupo UOL e demais empresas integrantes de seu grupo econômico. O Grupo UOL utiliza as informações fornecidas para entrar em contato ofertando produtos e serviços. Você pode deixar de receber essas comunicações quando quiser.